A presidente da Cooperárvore, cooperativa de moda sustentável que faz parte do programa social Árvore da Vida – desenvolvido pela Fiat Chrysler Automobiles (FCA) em Betim (MG) -, Iracema Pereira, teve uma noite de gala no dia 4 de dezembro, no Automóvel Clube, em Belo Horizonte. Vencedora do prêmio “Mulheres Notáveis” na categoria Empreendedorismo Social, ela recebeu o troféu que a consagrou como uma mulher de destaque devido à sua história de vida e de seu trabalho na cooperativa. A premiação é promovida anualmente pelo Conselho da Mulher Empreendedora da  Associação Comercial e Empresarial de Minas  (ACMinas).
Iracema acredita que a conquista é resultado de um esforço coletivo. “Ganhar esse prêmio não é o reconhecimento apenas do meu trabalho, mas de todos da Cooperárvore”, acredita. “Eu não teria vencido se não fossem eles, com o trabalho em equipe”, conta. Durante a noite, ela chegou a autografar o catálogo da nova coleção da Cooperárvore, “Vista-se de Flores”, para entusiastas do reconhecimento do trabalho do grupo.
Criada em 2006, a cooperativa já reutilizou cerca de 25 toneladas de materiais, como aparas de cinto de segurança e tecidos automotivos, doadas pela FCA e empresas parceiras, que foram transformadas em mais de 233 mil acessórios de moda e decoração, como bolsas, mochilas e malas. A cooperativa está localizada no Jardim Teresópolis, região vizinha à fábrica da Fiat.
Para a coordenadora de Relações com a Comunidade e Sustentabilidade da FCA, Luciana Costa, a vitória de Iracema é uma inspiração. “Mais do que gerar renda, a cooperativa dissemina na comunidade valores de cidadania e igualdade ao impulsionar o empoderamento social e político das mulheres”. Além de Iracema, outras 12 mulheres receberam, em diferentes categorias, a homenagem de Mulher Notável.
 
História de superação
A dona de casa Iracema Pereira Costa Salgado frequentou a primeira turma de corte e costura do programa Árvore da Vida, em 2004. Nunca havia costurado antes, mas tinha vontade de aprender. Em 2006, participou da criação da Cooperárvore, que atualmente emprega 13 moradores do bairro.
Em 2007, Iracema retomou os estudos por meio do supletivo, ação desenvolvida pelo Árvore da Vida. A cooperada também fez cursos de relações humanas, cooperativismo, informática, empreendedorismo, entre outros, oferecidos pelo programa em parceria com o Sebrae. Já em 2011, foi uma das cooperadas escolhidas para ir à Itália para expor os produtos da cooperativa no Meeting per lamicizia fra i popoli, na cidade de Rimini.
O Árvore da Vida também foi fundamental para a formação dos três filhos de Iracema. Eles participaram de oficinas, cursos e encaminhamento para a aprendizagem industrial.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Mercedes-Benz do Brasil é premiada por iniciativas de diversidade

Seguindo estratégia global da Daimler, Companhia valoriza as diferenças e fortalece a cult…