Home Destaques Primeira picape elétrica da Chevrolet e Hummer SUV vão ser produzidos na fábrica de EVs da GM

Primeira picape elétrica da Chevrolet e Hummer SUV vão ser produzidos na fábrica de EVs da GM

0

Localizada em Detroit, Factory Zero passa por uma completa renovação para iniciar a produção exclusiva de veículos zero emissão, entre eles a recém-anunciada versão elétrica da Silverado, o modelo mais vendido da empresa nos EUA

A General Motors anunciou que lançará a primeira versão elétrica da picape Chevrolet Silverado, o modelo mais vendido da empresa nos Estados Unidos. O plano é liderar o segmento de EVs na América do Norte até meados da década. De acordo com Mark Reuss, presidente global da companhia, a Silverado elétrica será produzida na Factory Zero. O executivo também confirmou que o GMC Hummer EV SUV também será feito na mesma fábrica voltada para veículos de zero emissão.

A GM está investindo 27 bilhões de dólares no desenvolvimento de veículos elétricos e projeta comercializar mais de 1 milhão deles até 2025 pelo mundo. A criação da plataforma Ultium, específica para EVs, além de ferramentas avançadas de desenvolvimento virtual, estão contribuindo para a redução do período de desenvolvimento de novos produtos quase pela metade, ou apenas 26 meses.

A versão elétrica da Silverado está sendo projetada desde o início para ser um legítimo EV, unindo todo potencial da plataforma Ultium com as consagradas virtudes da picape de grande porte da Chevrolet. A previsão é que o produto supere os 640 quilômetros de autonomia com carga total das baterias quando chegar ao mercado.

O anúncio do lançamento da primeira picape elétrica da Chevrolet confirma o comprometimento da marca em continuar um legado que já supera 100 anos de tradição e liderança neste que é o mais importante segmento nos EUA, ao mesmo tempo que faz a transição para um futuro totalmente elétrico.

“Os veículos que sairão da Factory ZERO irão mudar o mundo e a forma como o mundo enxerga os carros elétricos”, diz Reuss. “O GMC Hummer EV SUV se junta a este seleto grupo de super utilitários, e a Chevrolet irá manter tudo o que os mais fiéis consumidores apreciam na Silverado – e mais – integrando tudo isso numa picape elétrica que irá encantar os mais diversos tipos de clientes.”

Já o HUMMER EV SUV representa o próximo capítulo desta fase eletrificada do Hummer, que começou recentemente com a apresentação de uma super picape com início de produção programada para o fim deste ano. O SUV chegará depois para ser mais uma opção, permitindo ao consumidor escolher qual modelo mais combina com o seu estilo de vida, sem abrir mão da extraordinária capacidade de superar obstáculos e de viajar num veículo zero emissão.

O HUMMER EV SUV chama a atenção por suas tecnologias. Conta com até três unidades de propulsão que, juntas, ultrapassam os 840 cavalos potência e permitem ao veículo arrancar de 0-100 km/h em cerca 3,5s, de acordo com estimativas. Oferece ainda funcionalidades como o modo Crabwalk para esterçamento das quatro rodas em manobras, o Super Cruise para condução autônoma em estradas além de um gerador próprio capaz de alimentar desde eletrônicos até outros EVs.

Factory Zero utiliza as mais avançadas tecnologias com foco na sustentabilidade

Em janeiro de 2020 foi anunciado investimento de 2,2 bilhões de dólares na fábrica de Detroit-Hamtramck para a produção de veículos elétricos. Em outubro do mesmo ano o complexo foi rebatizado de Factory Zero, num alinhamento com a visão de futuro da GM de zero acidente, zero emissão e zero congestionamento.

A Factory Zero conta com as mais avançadas tecnologias de sustentabilidade e vai concentrar a produção de EVs de diferentes segmentos e de várias marcas da companhia. Tanto é que a picape HUMMER EV e o autônomo Cruise Origin (pensado para compartilhamento) já tiveram suas produções confirmadas no complexo fabril, que, neste momento, passa por uma ampliação e completa renovação – a maior já promovida em uma instalação da GM.

Artigos Relacionados
Leia mais em Destaques

Deixe uma resposta

Veja também

Novo CTB “simplifica por um lado e endurece por outro”, diz ministro

Validade da CNH passa de cinco para dez anos O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes …