Home Notícias Primeiro bimestre tem leve queda, mas perspectivas continuam positivas para as vendas de veículos

Primeiro bimestre tem leve queda, mas perspectivas continuam positivas para as vendas de veículos

Comentários desativados em Primeiro bimestre tem leve queda, mas perspectivas continuam positivas para as vendas de veículos

Na comparação com janeiro, o volume de vendas de automóveis e comerciais leves cresceu 4,63%.

A FENABRAVE – Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores divulgou, hoje, o balanço das vendas de veículos do mês de fevereiro e do acumulado do primeiro bimestre do ano. Considerando todos os segmentos somados (automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas, implementos rodoviários e outros veículos) foram emplacadas 591.565 unidades nos dois primeiros meses deste ano, o que representa leve retração, de 1,27%, ante igual intervalo de 2019, quando 599.188 veículos foram vendidos.

Apenas em fevereiro, foram emplacados 293.157 veículos, uma retração menor do que 1% perante o volume registrado no mesmo mês do ano passado, quando foram licenciadas 295.893 unidades. Quando comparado com os 298.408 veículos emplacados em janeiro, esse desempenho de fevereiro mostra-se 1,76% menor.

No entanto, com 18 dias úteis de vendas, a média diária registrada, em fevereiro, foi 20,35% superior à média de vendas de janeiro, que somou 22 dias úteis.

Para o Presidente da FENABRAVE, Alarico Assumpção Júnior, embora o desempenho do bimestre tenha apresentado uma pequena retração nas vendas, a entidade mantém suas expectativas otimistas para o ano. “O primeiro bimestre sofre com os impactados do período de férias escolares e com os compromissos de pagamentos acumulados no início do ano, como o IPTU, despesas com materiais escolares, além do reflexo da pausa para o Carnaval. Por isso, consideramos o desempenho do primeiro bimestre normal e sem surpresas com relação às nossas projeções, que estão mantidas em um crescimento geral em torno de 10% para 2020. Continuamos confiantes de que teremos um novo ciclo de crescimento, nos próximos meses, nas vendas de veículos no País”, ressaltou o Presidente da FENABRAVE, afirmando que a entidade só reavaliará as projeções, para 2020, em abril, quando os impactos de alguns fatores, como o Coronavírus, já puderem ter sido, efetivamente, avaliados.

Automóveis e Comerciais Leves

Conforme os dados divulgados pela FENABRAVE, que representa mais de 7 mil Concessionários de Veículos no País, as vendas de automóveis e comerciais leves, somados, totalizaram 376.756 unidades neste primeiro bimestre do ano, o que apresentou leve queda, de 0,98%, sobre o mesmo período do ano passado, quando foram emplacadas 380.472 unidades.

Porém, o desempenho de fevereiro mostra que as 192.639 unidades licenciadas ficaram 1,48% acima do volume de vendas de igual mês do ano passado, quando 189.832 unidades foram licenciadas. “Isso demonstra a evolução das vendas diárias”, explicou Assumpção Júnior. Na comparação com janeiro, quando foram emplacados 184.117 automóveis e comerciais leves, o volume de vendas de fevereiro apresentou crescimento de 4,63%.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

GM empresta cilindros de oxigênio e faz doações no combate à covid-19

Empresa realiza novas doações de máscaras e cestas básicas e coloca insumos à disposição d…