Home Notícias Problema no câmbio tira chances de pódio de Derani nas 24 Horas de Daytona

Problema no câmbio tira chances de pódio de Derani nas 24 Horas de Daytona

Comentários desativados em Problema no câmbio tira chances de pódio de Derani nas 24 Horas de Daytona

Campeão de 2016, brasileiro e os companheiros largaram na pole, mas acabaram enfrentando problemas a cinco horas e meia do final e encerraram a corrida em sexto lugar

Pelo segundo ano consecutivo, o brasileiro Pipo Derani enfrentou problemas com a caixa de câmbio do #31 Whelen Engineering Cadillac DPi-V.R, da equipe Action Express Racing, e não pode lutar pelo pódio nas 24 Horas de Daytona.

A 59ª edição da tradicional corrida de endurance abriu neste fim de semana (30 e 31) a temporada 2021 do IMSA WeatherTech SportsCar Championship. Derani e os companheiros Felipe Nasr, Mike Conway e Chase Elliott partiram da pole position e se mantiveram na briga na maior parte da disputa.

No entanto, faltando cinco horas e meia para o final, quando Nasr pilotava do Cadillac #31, o carro passou a apresentar problemas na caixa de câmbio e foi necessário parar nos boxes para o reparo. O time trabalhou o mais rápido que pode, realizou o conserto, mas acabou perdendo mais de 20 voltas e, consequentemente, as chances de brigar pelo pódio, cruzando a linha de chegada em sexto lugar na classe DPi.

“Acredito que tivemos uma grande corrida”, comentou Derani, que já venceu as 24 Horas de Daytona em 2016. “Infelizmente, enfrentamos um problema na caixa de câmbio pelo segundo ano consecutivo, o que é uma pena, porque até então a equipe vinha fazendo um trabalho fantástico”, continuou o brasileiro de 27 anos, que faz sua sexta temporada no IMSA.

“Estivemos sempre brigando com os líderes. Ao menos, conseguimos marcar alguns pontos para o campeonato. O carro #48 (também da Action Express) conquistou um pódio, então foi um bom dia para o nosso time. Infelizmente, faltou sorte para o nosso Whelen Engineering Cadillac, mas a equipe fez tudo o que poderia”, ressaltou Derani.

“Não era pra ser. Mas vamos voltar mais fortes. E voltar a lutar em Sebring”, completou o piloto, que já venceu três vezes as 12 Horas de Sebring, que este ano será realizada entre os dias 17 e 20 de março.

Confira o resultado da classe DPI nas 24 Horas de Daytona:
1 # 10 R. Taylor / F. Albuquerque / A. Rossi / H. Castroneves (Konica Minolta Acura ARX-05 Acura DPi) 807 voltas em 24:00:14.673
2 #48 J. Johnson / K. Kobayashi / S. Pagenaud / M. Rockenfeller (Ally Cadillac Racing Cadillac DPi) +4.704
3 #55 O. Jarvis / H. Tincknell/ J. Bomarito (Mazda Motorsports Mazda DPi) +6.562
4 #60 D. Cameron / O. Pla Meyer / J. Montoya / A. Allmendinger (Shank Racing w/Curb-Agajanian Acura DPi) +54.418
5 #01 R. van der Zande / K. Magnussen / S. Dixon (Cadillac Chip Ganassi Racing Cadillac DPi) +1’07.744
6 #31 F. Nasr / P. Derani / C. Elliott / M. Conway (Whelen Engineering Racing Cadillac DPi) + 24 voltas
7 #5 T. Vautier / L. Duval / S. Bourdais (Mustang Sampling / JDC-Miller MotorSports Cadillac DPi) Não completaram

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Novo Nissan GT-R NISMO é revelado no Japão

Com mais fibra de carbono, carroceria exibe nova pintura exclusiva, inspirada nos circuito…