A Câmara dos Deputados analisa o Projeto de Decreto Legislativo (PDC) 9/15, da deputada Erika Kokay (PT-DF), que susta a Resolução 466/13, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que autorizou a realização de vistorias veiculares por entidades privadas.
Segundo Kokay, pelo fato de ser pré-requisito para uma série de procedimentos relacionados aos veículos, a vistoria deve ficar restrita ao poder de polícia do Estado, ou seja, aos departamentos de trânsito (Detrans) dos estados e do Distrito Federal.
“O Ministério Público Federal já se manifestou contrariamente a tal possibilidade em outras oportunidades”, disse ela, citando parecer do procurador da República Carlos Henrique Martins Lima.
Segundo o procurador, as competências do Contran e do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), previstas no Código de Trânsito Brasileiro (Lei 9503/97), não preveem a possibilidade de credenciamento de empresas privadas para a execução de vistoria veicular.
Fonte: Agência Câmara Notícias
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Nissan comemora 20 anos de uma história de sucesso no Brasil

Da importação de carros à fabricante nacional de automóveis, marca consolida sua presença …