Home Notícias Protetor de cárter: usar ou não usar?

Protetor de cárter: usar ou não usar?

Comentários desativados em Protetor de cárter: usar ou não usar?

 

 
Ao comprar um carro, é comum o consumidor ficar em dúvida: o veículo vem ou não com protetor de cárter? Caso não venha, preciso colocar? Esse acessório é importante ou não? A marca DHF, fabricante do acessório e pertencente ao grupo norte-americano Cequent Performance Products, responde a essas e outras dúvidas:
 
– Para que serve o protetor de cárter?
O cárter é o reservatório de óleo do motor. Quando exposto, fica sujeito a impactos causados por pedras, buracos e lombadas, e que podem danificar o reservatório de óleo e outras partes, como quadro de suspensão, caixa de câmbio, parte inferior do radiador, mangueiras, tubo de escapamento, etc. Por isso, o protetor tem um papel fundamental na preservação mecânica do cárter. Além de colaborar com a redução de sujeira na parte inferior do motor, como lama, mato e terra, o que pode reduzir a vida útil de alguns componentes do compartimento do motor.
 
– Ele é obrigatório?
Não. Este acessório não é obrigatório. Mas seu uso é indicado desde que o proprietário queira usufruir dos benefícios citados acima.
 
– Existem vários modelos do acessório?
Sim. Cada veículo tem seu protetor de cárter específico.
 
– Os veículos já saem das montadoras com o protetor de cárter?
Nem todos, mas mesmo sendo um acessório, a maioria das montadoras indica seu uso. Quando eles não saem da fábrica com o acessório, especialistas podem identificar se o veículo já possui pontos adequados para fixação do acessório, como furos roscados, prisioneiros com rosca ou buchas, ou ainda alojamentos previstos para estes tipos de fixadores.
 
– E nos casos dos veículos que não possuem esses pontos pré-definidos?
É necessário verificar quais pontos serão utilizados na fixação do mesmo, para garantir o bom desempenho do acessório e não causar danos estruturais que comprometam a segurança do veículo.
 
– Onde posso comprar um protetor de cárter? Qual é a vantagem de comprar diretamente da concessionária?
Os protetores são comercializados em distribuidores, lojistas e concessionárias. A vantagem de comprar o produto diretamente na concessionaria é que o carro estará protegido desde o momento da compra. No entanto, é fundamental adquirir um protetor com projeto de engenharia qualificado, pontos de fixação  adequados, qualidade na chapa utilizada e nos pontos de solda. Estes itens vão garantir o excelente desempenho do protetor.
 
– Onde devo instalar o acessório quando o veículo não sai da concessionária com ele?
 Em lojas autorizadas ou oficinas mecânicas com instaladores treinados e capacitados.
 
– Quanto custa um protetor de cárter?
O preço de mercado varia de R$ 50 a R$ 150,00.
 
– De que material é feito?
Chapas em aço carbono, nas espessuras que variam de 1,00mm a 2,00mm, dependendo do modelo e aplicação do veículo. Elas promovem a resistência mecânica contra impactos e contam também com a pintura EPOX Eletrostática, que aumenta ainda mais a qualidade e durabilidade do produto.
 
– Qual é a média de durabilidade de um protetor de cárter? É preciso trocar o acessório de tempos em tempos?
A durabilidade varia conforme os cuidados e utilização do veículo, por exemplo: fora de estrada, regiões alagadas, regiões litorâneas, etc. No entanto, é preciso trocar o protetor caso ele não esteja em boas condições, para que o reservatório de óleo do motor seja preservado.
 
– Caso ele sofra alguma avaria devido a uma batida extremamente forte, é possível arrumar o protetor ou ele deve ser trocado por inteiro?
A peça deve ser totalmente trocada, pois uma vez recuperada ela perderá suas características originais além do risco de interferências na parte inferior do veículo, causando vibrações, ruídos ou ainda danos mecânicos.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Protetor de cárter: usar ou não usar?

Comentários desativados em Protetor de cárter: usar ou não usar?

 

 
Ao comprar um carro, é comum o consumidor ficar em dúvida: o veículo vem ou não com protetor de cárter? Caso não venha, preciso colocar? Esse acessório é importante ou não? A marca DHF, fabricante do acessório e pertencente ao grupo norte-americano Cequent Performance Products, responde a essas e outras dúvidas:
 
– Para que serve o protetor de cárter?
O cárter é o reservatório de óleo do motor. Quando exposto, fica sujeito a impactos causados por pedras, buracos e lombadas, e que podem danificar o reservatório de óleo e outras partes, como quadro de suspensão, caixa de câmbio, parte inferior do radiador, mangueiras, tubo de escapamento, etc. Por isso, o protetor tem um papel fundamental na preservação mecânica do cárter. Além de colaborar com a redução de sujeira na parte inferior do motor, como lama, mato e terra, o que pode reduzir a vida útil de alguns componentes do compartimento do motor.
 
– Ele é obrigatório?
Não. Este acessório não é obrigatório. Mas seu uso é indicado desde que o proprietário queira usufruir dos benefícios citados acima.
 
– Existem vários modelos do acessório?
Sim. Cada veículo tem seu protetor de cárter específico.
 
– Os veículos já saem das montadoras com o protetor de cárter?
Nem todos, mas mesmo sendo um acessório, a maioria das montadoras indica seu uso. Quando eles não saem da fábrica com o acessório, especialistas podem identificar se o veículo já possui pontos adequados para fixação do acessório, como furos roscados, prisioneiros com rosca ou buchas, ou ainda alojamentos previstos para estes tipos de fixadores.
 
– E nos casos dos veículos que não possuem esses pontos pré-definidos?
É necessário verificar quais pontos serão utilizados na fixação do mesmo, para garantir o bom desempenho do acessório e não causar danos estruturais que comprometam a segurança do veículo.
 
– Onde posso comprar um protetor de cárter? Qual é a vantagem de comprar diretamente da concessionária?
Os protetores são comercializados em distribuidores, lojistas e concessionárias. A vantagem de comprar o produto diretamente na concessionaria é que o carro estará protegido desde o momento da compra. No entanto, é fundamental adquirir um protetor com projeto de engenharia qualificado, pontos de fixação  adequados, qualidade na chapa utilizada e nos pontos de solda. Estes itens vão garantir o excelente desempenho do protetor.
 
– Onde devo instalar o acessório quando o veículo não sai da concessionária com ele?
 Em lojas autorizadas ou oficinas mecânicas com instaladores treinados e capacitados.
 
– Quanto custa um protetor de cárter?
O preço de mercado varia de R$ 50 a R$ 150,00.
 
– De que material é feito?
Chapas em aço carbono, nas espessuras que variam de 1,00mm a 2,00mm, dependendo do modelo e aplicação do veículo. Elas promovem a resistência mecânica contra impactos e contam também com a pintura EPOX Eletrostática, que aumenta ainda mais a qualidade e durabilidade do produto.
 
– Qual é a média de durabilidade de um protetor de cárter? É preciso trocar o acessório de tempos em tempos?
A durabilidade varia conforme os cuidados e utilização do veículo, por exemplo: fora de estrada, regiões alagadas, regiões litorâneas, etc. No entanto, é preciso trocar o protetor caso ele não esteja em boas condições, para que o reservatório de óleo do motor seja preservado.
 
– Caso ele sofra alguma avaria devido a uma batida extremamente forte, é possível arrumar o protetor ou ele deve ser trocado por inteiro?
A peça deve ser totalmente trocada, pois uma vez recuperada ela perderá suas características originais além do risco de interferências na parte inferior do veículo, causando vibrações, ruídos ou ainda danos mecânicos.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Novo Nissan GT-R NISMO é revelado no Japão

Com mais fibra de carbono, carroceria exibe nova pintura exclusiva, inspirada nos circuito…