Rafael Paschoalin é o primeiro brasileiro a participar do Troféu Turista da Ilha de Man, que começou no dia 25 de maio e segue até 7 de junho. A prova é conhecida pelo alto risco que os pilotos enfrentam.
 
Nesta edição, a prova já fez uma vítima. O piloto Yoshinari Matsuhita morreu a segunda-feira, 27. “A ansiedade de andar de moto é invadida pelo medo. Os dois sentimentos se misturam de uma forma inexplicável. É engraçado ver o alívio estampado no rosto de cada um quando completo uma volta. Aqui não interessa se a volta foi mais lenta ou mais rápida. As pessoas ficam realmente felizes quando os pilotos voltam são e salvos para o Grandstand”, conta o piloto brasileiro em sua página no facebook.
 
Localizada no Mar da Irlanda, a pequena ilha de 572 km² fica entre Inglaterra, Escócia e Irlanda do Norte e recebe, desde 1907, uma das mais lendárias e perigosas corridas do mundo: o Troféu Turista da Ilha de Man.
 
O TT é sinônimo de perigo. Disputado em um traçado de mais de 60 km com 256 curvas, as motos rodam a uma velocidade média de 208 km/h em vias públicas, que são interditadas para a disputa.
 
\"\"
 
“Existe também o lance da emoção. Até participar da minha primeira prova de rua, eu não tinha noção do que enfrentaria na hora da largada. Hoje posso afirmar que não existe nada igual. É incrível e assustador ter nas próprias mãos o controle de viver ou morrer, e pouca gente entende isso”, explica Rafael Paschoalin.
 
Ao longo de seus mais de cem anos de história, o TT da Ilha de Man já vitimou 233 pilotos, em uma assustadora média de cerca de duas mortes por edição, o que corrobora o lema de ‘prova mais perigosa do mundo’. 
 
Por se tratar de um evento fechado, o TT de Ilha de Man não aceita qualquer piloto e exige a participação em outras disputas similares antes de permitir a inscrição de um competidor. No caso de Rafael, a primeira parada foi a North West 200, na Irlanda do Norte.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Groupe PSA inicia produção do Novo Peugeot 2008 em Porto Real

Lançamento é um dos 16 programados na região até 2021 em seu plano “Push to Pass” e reforç…