Com 20.024 veículos emplacados em junho, a Renault do Brasil continua sua traje tória de crescimento no mercado brasileiro, atingindo a participação de 6,6 em junho.
 
“Os resultados comerciais da Renault estão em linha como o planejado, voltamos à nossa participação de mercado de 2012”, afirma Olivier Murguet, Presidente da Renault do Brasil.
 
Mesmo após a parada de oito semanas, a partir de dezembro de 2012, para ampliação da sua capacidade instalada de 280 mil para 380 mil veículos por ano, a Renault acumula um volume de 102.020 unidades emplacadas no primeiro semestre, o que reflete a retomada do ritmo de produção e vendas.
 
\"\"O aumento no volume das comercializações de produtos de diferentes categorias – compacto, SUV, sedan e comercial leve – é resultado dessa estratétegia. As vendas do Sandero e Sandero Stepway – totalizando 8.707 veículos – 19% a mais que no mês de maio, são alguns dos destaques.
 
O Duster também contribuiu para os bons resultados apresentados pela Renault. SUV vêm conquistando o público e suas vendas, em junho, somaram 4.134 unidades. No segmento de entrada – cujos números de mercado apontam queda de 25% no semestre – a demanda pelo popular da marca também continua aquecida. O Novo Clio registrou, no último mês, 2.582 veículos emplacados, um volume 184% superior ao mesmo período do ano anterior.
 
Já o novo Master, desde o seu lançamento, em março, tem sido apontado como um dos grandes destaques na categoria de veículos comerciais leves, o que se confirma com seu expressivo desempenho comercial. Em junho, foram emplacados 1.012 veículos, 82% a mais que no mês anterior, o que conferiu ao modelo o seu recorde de emplacamentos.
 
A indústria automotiva brasileira cresceu, no primeiro semestre, 4,6.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Cuidados com a lubrificação do motor do veículo

Hábito de completar o óleo quando o nível está baixo pode ser prejudicial ao motor já que …