O Presidente e CEO da Aliança Renault-Nissan Carlos Ghosn será um dos principais palestrantes do Women’s Forum Brazil, um evento de networking realizado em São Paulo dedicado à igualdade de gênero.
 
Carlos Ghosn falará sobre oportunidades únicas para mulheres na indústria automobilística, que precisa atender a crescente demanda dos mercados emergentes com a contratação de milhares de novos colaboradores. Carlos Ghosn, que nasceu no País e passou parte de sua infância no Rio de Janeiro, também falará sobre os avanços da Renault e da Nissan em termos de contratação e promoção das mulheres em todo o continente americano.
 
“Renault e Nissan estão sinceramente comprometidas com a igualdade de gênero”, disse Ghosn. “Estamos vendo cada vez mais mulheres evoluindo para funções de liderança. Mas nosso setor precisa acelerar o processo de mudança se quiser participar da disputa mundial pelos melhores talentos.”
 
A Renault e a Nissan estão enviando uma delegação de 60 pessoas, incluindo executivas que ocupam posições de comando estratégicas, para participar do Women’s Forum Brazil, que acontecerá em 17 e 18 de junho. A segunda edição anual do Women’s Forum Brazil inclui sessões de networking e debates com líderes da iniciativa pública e privada de toda a região.
 
Juntas e mais fortes no motor de crescimento econômico da América Latina
 
A Renault e a Nissan aumentaram exponencialmente sua visibilidade e atividade industrial no Brasil, que é a sétima economia do planeta.
 
Em março, a Renault inaugurou uma grande ampliação de sua fábrica em Curitiba, aumentando sua capacidade anual de produção de 280.000 para 380.000 veículos. Hoje, o Brasil é o segundo maior mercado da Renault depois da França, com 241.594 veículos vendidos em 2012 e uma participação de mercado de 6,6% no País.
 
No ano que vem, a Nissan iniciará a produção em suas novíssimas instalações industriais em Resende, no Rio de Janeiro. A fábrica terá capacidade para produzir 200.000 veículos anuais para comercialização no Brasil, criando aproximadamente 4.000 empregos diretos e indiretos.
 
A Nissan é patrocinadora dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos do Rio de Janeiro de 2016 e fornecerá 4.500 veículos para transportar atletas, membros dos comitês organizadores e jornalistas durante o evento, que será organizado pela primeira vez na América do Sul.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Vendas da FCA crescem mais do que a indústria em 2018

Pelo terceiro ano consecutivo, a marca Jeep encerrou 2018 na liderança do mercado brasilei…