O MORPHOZ antecipa uma futura família de modelos elétricos da gama Renault

Aproxime-se do carro, ele vai fazer um sinal. Ele vai reconhecer e dar as boas-vindas a você. Sente-se e prepare-se para uma experiência totalmente inédita: você está em um veículo inteligente e modular, que ultrapassa todos os limites. Um veículo sob medida, que se adapta a todos o tipo de uso, tanto nos trajetos curtos do dia a dia ou para viagens mais longas. Um veículo pessoal que é compartilhado quando não está sendo utilizado por você. Um veículo pensado para ser integrado em vários ecossistemas e favorecer as interações. Um veículo autônomo para dirigir ou se deixar levar.

Este veículo futurista reapresenta a visão da Renault para a mobilidade elétrica pessoal e compartilhável a partir de 2025. Chamado de MORPHOZ, ele foi criado com base na futura plataforma modular elétrica CMF-EV da Aliança, para oferecer várias configurações de potência, capacidade e autonomia, além de experiência a bordo e volume do porta-malas.

Fiel ao DNA da marca, o conceito MORPHOZ representa, na estratégia de design da Renault em torno do ciclo de vida, o aspecto relacionado à “Família”. Mas ele não remete apenas a uma visão exploratória da mobilidade. Em seu design, detalhes e apresentação interna, ele também prefigura uma nova família de modelos elétricos Renault, que chegará nos próximos anos.

O principal obstáculo à compra de um veículo elétrico continua sendo a autonomia – real ou suposta – para o uso pretendido. Mas esta ideia restritiva da mobilidade elétrica desaparecerá em breve, e o conceito Renault MORPHOZ é a melhor demonstração disso.

“Audacioso pela modularidade, inovador em termos de design, centrado no ser humano pela capacidade de facilitar o compartilhamento e as interações, o conceito MORPHOZ representa perfeitamente a nova filosofia LIVINGTECH™ do design da Renault. A tecnologia em todas as suas formas – design, inteligência embarcada, conectividade, layout interno – oferece uma nova experiência de condução para todos os usuários do veículo. Tanto no dia a dia como no fim de semana e nas férias. O conceito MORPHOZ é uma verdadeira experiência para curtir”. Laurens van den Acker, diretor de Design Industrial do Grupo Renault

“O MORPHOZ prefigura nossos próximos veículos elétricos de alta performance. A plataforma modular dedicada CMF-EV otimiza a eficiência energética do veículo, enquanto a maior distância entre eixos, o assoalho plano e as rodas posicionadas nos quatro cantos oferecem novas possibilidades, permitindo um design atraente e uma habitabilidade muito maior”. Gilles Normand, diretor da Divisão de Veículos Elétricos e Serviços de Mobilidade do Grupo Renault.


Dentro ou fora da cidade: a mobilidade elétrica sem restrições

Pioneiro e líder em mobilidade elétrica, o Grupo Renault lançou oito veículos elétricos em dez anos, tendo continuamente aumentado a autonomia e a potência de seu principal modelo no segmento, o ZOE, para melhorar a funcionalidade e fazer com que os usuários possam ir mais longe. Ao mesmo tempo, o Grupo desenvolveu o Twingo Z.E., que oferece uma autonomia adaptada para uso na cidade. O portfolio de modelos também inclui o SUV compacto urbano, o Renault City K-ZE, comercializado na China, e a maior gama de veículos utilitários elétricos na Europa.

Por meio de sua visão de oferecer uma mobilidade sustentável para todos, o Grupo Renault trabalha para ofertar em suas diferentes gamas modelos adaptados a todos os usos em termos de tamanho, peso, potência e autonomia, para atender as necessidades de seus clientes sem restrições, dentro ou fora da cidade.

O Grupo Renault vai ultrapassar ainda mais limites no futuro. É isso o que reapresenta o Renault MORPHOZ, um carro-conceito exploratório, mas que vai muito além. O MORPHOZ também antecipa uma futura família de modelos elétricos da gama Renault. Modelos que poderão dispor de várias capacidades de baterias. Modelos que contarão com os últimos avanços tecnológicos, para otimizar a eficiência energética das baterias e motorizações embarcadas. Modelos que chegarão com melhorias estruturais e de performance dos sistemas de recarga. Modelos que oferecerão serviços conectados, para otimizar os trajetos e o processo de recarga.


Plataforma elétrica dedicada

Esta visão da mobilidade elétrica, que será personificada pelos futuros veículos da gama Renault, será possível graças a uma base técnica dedicada. O Renault MORPHOZ foi criado com base em uma novíssima plataforma modular 100% elétrica, chamada de CMF-EV.

Assim como a nova CMF-B, inaugurada no ano passado pelo Clio e utilizada no novo Captur, a plataforma CMF-EV também foi desenvolvida em conjunto pela Aliança. Ela permite o design, desenvolvimento e produção de veículos elétricos, oferecendo inúmeras vantagens em relação a uma plataforma desenvolvida para motorizações térmicas ou para um uso misto térmico/elétrico.

Primeiro em termos de estilo: a arquitetura inovadora da plataforma permite que o veículo tenha um entre eixos com rodas posicionadas nos quatro cantos, menor balanço e um assoalho plano. Com isso, há uma mudança radical nas proporções físicas, resultando em visual surpreendente. Associada a uma bateria otimizada, a plataforma CMF-EV permite desenvolver veículos com menor distância do solo e um teto mais baixo, oferecendo uma grande habitabilidade, além de um ganho fundamental em aerodinâmica. Mais curto, o capô do motor permite ampliar a cabine, resultando em linhas mais elegantes.

Esta nova plataforma também oferece uma condução dinâmica, com chassi e estrutura otimizados para o veículo elétrico, bem como um centro de gravidade mais baixo, graças à localização das baterias embaixo do assoalho, na traseira.

Por fim, em termos de experiência a bordo e disposição interna. Menos volumoso que um motor térmico, o motor elétrico utilizado na plataforma CMF-EV permite otimizar e deslocar o painel de bordo para aumentar o volume carga e o espaço para os passageiros – principalmente para os joelhos no banco traseiro. A ausência de túnel do eixo de transmissão também permite ter um assoalho plano, oferecendo mais espaço para as pernas. Agora, os veículos poderão oferecer uma habitabilidade que só era vista anteriormente no segmento superior.

Artigos Relacionados
Leia mais em Destaques
Comentários estão fechados

Veja também

IMSA: Derani vai em busca de mais um pódio neste domingo em Mid-Ohio

Brasileiro destaca características difíceis do traçado, mas segue confiante e embalado, ap…