A revisão periódica do sistema de ignição é uma aliada do motociclista em épocas de chuva, como os meses de verão. A dica é da NGK, empresa referência no setor. De acordo com o consultor de Assistência Técnica da empresa, Hiromori Mori, a checagem das peças pode evitar, por exemplo, possíveis falhas do motor. “As motocicletas, em geral, transitam em condições mais severas que os automóveis. Por isso, é preciso estar bem atento aos componentes de desgaste natural, como os da ignição”, explica Mori.
Segundo ele, caso os veículos apresentem falhas em dias chuvosos, é preciso averiguar o terminal supressivo, componente também conhecido como cachimbo, que é o responsável por conduzir a corrente elétrica do transformador até a vela de ignição, e vedar a entrada de umidade e água. “Em caso de falha na peça, a motocicleta apresentará perda de potência, falhas no motor, aumento no consumo de combustível e dos níveis de emissões”, afirma o especialista.
O consultor diz ainda que, caso o componente apresente problemas, é recomendável que a sua troca seja imediata. “É importante inspecionar também os outros itens da ignição, como a vela, já que ela pode indicar problemas em outras peças da motocicleta”, alerta Mori.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Nissan comemora 20 anos de uma história de sucesso no Brasil

Da importação de carros à fabricante nacional de automóveis, marca consolida sua presença …