Piloto francês quebra sequência de vitórias do capixaba Bruno Crivilin na categoria Enduro GP, em prova marcada por disputas acirradas e muito calor na cidade de Paraopeba (MG)

O final de semana (27 e 28) foi marcado por muitas emoções e disputas acirradas na cidade de Paraopeba (MG), palco da sexta e penúltima etapa do Campeonato Brasileiro de Enduro FIM 2019. Os protagonistas foram novamente o piloto francês Romain Dumontier (Yamaha O2BH Racing), líder da categoria Enduro GP – direcionada aos mais rápidos da competição -, e o capixaba Bruno Crivilin (Honda Racing), vencedor das três últimas provas. Desta vez, o europeu levou a melhor.

Os motores roncaram já na noite de sexta-feira (26), com a realização do Super Prime. A disputa especial teve duelos na pista especialmente montada no Parque de Exposições e contou com forte presença do público. No fim de semana, foi difícil tirar os olhos do cronômetro para acompanhar o embate entre o francês da Yamaha e o capixaba da Honda.

Os pilotos se alternaram vencendo as especiais e a disputa foi decidida nos mínimos detalhes. No sábado, vitória de Crivilin, que em mais de 43 minutos de trechos cronometrados faturou o dia com apenas seis segundos de vantagem. Neste domingo, o francês deu o troco e foi mais rápido por apenas cinco segundos. Em função do critério de desempate, Dumontier comemorou a vitória nos resultados acumulados da etapa.

“Estou muito feliz com a minha pilotagem neste fim de semana, claro que um pouco desapontado com o segundo lugar no sábado. Neste domingo, ataquei mais e entrei mais forte para vencer o dia e levar a vitória no final de semana. Quero agradecer ao meu time, Yamaha O2BH Racing, e ver como será na última etapa. Vamos continuar lutando pelo campeonato”, disse o europeu. Além da Enduro GP, ele somou mais uma vitória pela E2 e segue na liderança das duas categorias.

Crivilin destacou o equilíbrio da penúltima etapa. “Esta foi a etapa mais disputada e uma das mais legais da temporada. A prova teve especiais bem elaboradas e os dois dias foram duros, com sol quente e muito calor, mas eu estava bem preparado”, analisou o atual campeão brasileiro da Enduro GP e da categoria E1.
“Andei forte no sábado e não errei. Entrei forte, bem focado, neste domingo, mas acabei sofrendo uma queda que pode ter custado o resultado. Saio satisfeito, apesar de que queria ter vencido, é lógico. Fico feliz pela disputa, acho que o equilíbrio empurra e faz a gente aumentar nosso ritmo. Vou focar na etapa final para, se Deus quiser, fechar o ano com o bicampeonato”, continuou Crivilin. Ele foi o vencedor da E1 em Paraopeba.

Pela categoria E3, o gaúcho Gustavo Pellin (equipe Power Husky) venceu a prova e lidera o campeonato. Vinicius Calafati (KTM Sacramento) está na segunda colocação e Crispy Arriegada (Orange BH KTM Racing) é o terceiro na tabela. Na Júnior, o capixaba Patrik Capila permanece invicto e lidera o campeonato, na frente de Willian Lauers Tanaka e de Washington Murillo “Caipirinha”.

Nas demais categorias, os campeões da prova de Paraopeba foram os pilotos Anderson da Luz (categoria E4 Pró – MXF Team), Nielsen Bueno (E35 – Power Husky), Cassiano Tebaldi (E40 – Power Husky), Roberto Lamego Junior (E45 – Q4 Enduro Team), Daniel Reis (E50 – bLU cRU), Fernando Pereira (E4 230 – Q4 Enduro Team) e Alexandre Faria (EAmador).

A prova de encerramento do campeonato será na cidade de Patrocínio (MG), nos dias 13, 14 e 15 de setembro. O Campeonato Brasileiro de Enduro FIM 2019 é patrocinado por Yamaha, Honda e IMS e tem apoio de MXF, Parts 57, Fotop, Motul, Jeri Adventure Ride, Husqvarna, Power Husky, BMP, Airoh, Tech Ride, Edgers, MR Pro Braces, BMS Racing, KTM Sacramento, Race Tech, Motorex, Sig Visual e Borilli.

Resultados – 6ª etapa – Paraopeba (MG)

Categoria Enduro GP
1º – Romain Dumontier– 47 pontos
2º – Bruno Crivilin – 47 pontos
3º – Patrik Capila – 38 pontos
Categoria E1
1º – Bruno Crivilin – 50 pontos
2º – Júlio César Eliziário – 44 pontos
3º – Rômulo Bottrel – 40 pontos
Categoria E2
1º – Romain Dumontier – 50 pontos
2º – Felipe Legarrea – 44 pontos
3º – Philipe Fernandes – 38 pontos

Categoria E3
1º – Gustavo Pellin – 45 pontos
2º – Crispy Arriegada – 44 pontos
3º – Vinicius Calafati – 43 pontos

Categoria EJ
1º – Patrik Capila – 50 pontos
2º – Willian Lauers Tanaka – 44 pontos
3º – Washington Murillo “Caipirinha” – 40 pontos

Categoria E4 Pro
1º – Anderson da Luz – 47 pontos
2º – Vítor Borges Garcia – 41 pontos
3º – Uyter Rosa Dias – 40 pontos

Categoria E35
1 – Nielsen Bueno – 50 pontos
2 – Aloisio de Assis Filho – 44 pontos
3 – André Urso – 40 pontos
Categoria E40
1 – Cassiano Tebaldi – 50 pontos
2 – Adriano de Ávila – 44 pontos
3 – Erasmo Klering – 40 pontos

Categoria E45
1 – Roberto Lamego Júnior – 50 pontos
2 – Fábio Bizarria – 44 pontos
3 – Maurício Fernandes – 40 pontos

Categoria E50
1 – Daniel Reis – 50 pontos
2 – José Antônio Cadima– 42 pontos
3 – Washington Murillo – 38 pontos

Categoria E4 230
1 – Fernando Pereira – 47 pontos
2 – Flávio Volpi – 47 pontos
3 – Agenor Varela – 38 pontos

Categoria EA
1 – Alexandre Faria – 47 pontos
2 – Luciano Paiva – 47 pontos
3 – Luciano Rocha – 38 pontos

Classificação do Campeonato Brasileiro após seis provas

Categoria Enduro GP
1º – Romain Dumontier – 266 pontos
2º – Bruno Crivilin – 242 pontos
3º – Júlio Ferreira – 189 pontos

Categoria E1
1º – Júlio Ferreira – 255 pontos
2º – Bruno Crivilin – 250 pontos
3º – Rômulo Bottrel – 243 pontos

Categoria E2
1º – Romain Dumontier – 297 pontos
2º – Gabriel Soares – 231 pontos
3º – Felipe Legarrea – 214 pontos

Categoria E3
1º – Gustavo Pellin – 269 pontos
2º – Vinicius Calafati – 265 pontos
3º – Crispy Arriegada – 258 pontos

Categoria EJ
1º – Patrik Capila – 297 pontos
2º – Willian Lauers – 243 pontos
3º – Washington Murillo “Caipirinha” – 200 pontos
Categoria E4 Pro
1º – Anderson da Luz – 232 pontos
2º – Vítor Borges Garcia – 225 pontos
3º – Judi Brescansin – 84 pontos

Categoria E35
1 – Nielsen Bueno – 250 pontos
2 – André Urso – 171 pontos
3 – Tiago Bellaver – 153 pontos

Categoria E40
1 – Cassiano Tebaldi – 269 pontos
2 – Erasmo Klering – 243 pontos
3 – Fernando Mauri Splinder – 204 pontos

Categoria E45
1 – Fábio Bizarria – 239 pontos
2 – Frederico Garcia – 232 pontos
3 – Maurício Fernandes – 230 pontos

Categoria E50
1 – Daniel dos Reis – 256 pontos
2 – José Antônio Cadima – 237 pontos
3 – Washington Murillo – 181 pontos

Categoria E4 230
1 – Flávio Volpi – 271 pontos
2 – Fernando Pereira – 251 pontos
3 – Agenor Varela – 218 pontos

Categoria EA
1 – Juliano Wilgen – 232 pontos
2 – Roberto Theodoro – 169 pontos
3 – Jonas Sawan – 98 pontos

EFeminina
1 – Bárbara Neves – 100 pontos
2 – Karla Kyomura – 42 pontos
3 – Valeika Carminati – 42 pontos

Categoria Youth
1 – Leonardo Kauffmann – 100 pontos
2 – Vinicius Aguilar – 82 pontos
3 – Bruno Massa – 65 pontos

Categoria Juvenil
1 – Frederico Mediote Rangel – 97 pontos
2 – Danilo Sfalsin – 78 pontos
3 – Bruno Tenutti Daniel – 66 pontos

Categoria Cadete
1 – Estevão Mediote Rangel – 84 pontos
2 – Miguel Margon – 83 pontos
3 – Fernando Almeida – 64 pontos

Categoria Infantil
1 – Theo Ramos – 94 pontos
2 – Pedro Henrique Splinter – 78 pontos
3 – Rian Vassoler – 50 pontos

Fotos: Rogério Leite

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias

Veja também

Vendas financiadas de veículos crescem 20% em julho na comparação com 2018

Alta – registrada nas vendas a crédito de autos leves, motos e pesados – foi mais acentuad…