Entenda os tipos, as características e alguns problemas que ocorrem com o componente

A função da bomba de combustível é deslocar, em alta pressão, o combustível do tanque para o sistema de alimentação do motor. O componente começou a ser utilizado a partir de 1969, quando surgiram os primeiros carros com injeção eletrônica. Hoje, encontramos três tipos no mercado, sendo dois modelos instalados dentro do tanque, aplicados em veículos mais modernos, e um instalado do lado externo do tanque, usado nos modelos mais antigos.

Tipos de bomba de combustível

O modelo instalado do lado externo, usado em carros mais antigos, geralmente é fixado ao chassi do veículo. “O componente é instalado em buchas de borracha para isolá-lo dos impactos causados pelas irregularidades do solo e evitar que o ruído seja transmitido ao compartimento dos passageiros”, afirma Pedro Valencio, coordenador de Suporte ao Cliente Aftermarket da Delphi Technologies.

Já nos carros mais modernos, as bombas são instaladas dentro do tanque, e possuem dois projetos de fixação: modular e não modular. “O tipo modular possui um depósito de plástico que aloja a bomba de combustível, o filtro, o emissor do medidor de combustível e outros componentes. Este modelo é substituído como um conjunto completo”, explica o especialista. Em uma unidade não modular, a bomba de combustível é substituída separadamente.

“Todas as bombas da Delphi são projetadas para evitar que o combustível seja drenado de volta ao tanque quando o motor é desligado. Esta característica, chamada de estanqueidade, permite que o sistema de combustível mantenha uma pressão residual para partidas rápidas”, diz Valencio.

Hoje, no mercado de aftermarket, a Delphi Technologies comercializa bombas de combustível para os sistemas movidos somente à gasolina e também para os sistemas flex. “As bombas de combustível flex da Delphi possuem um tratamento especial nos coletores para oferecer uma excelente durabilidade técnica no funcionamento com etanol. Além disso, todos os modelos possuem características construtivas que evitam geração de interferências eletromagnéticas, que podem danificar o funcionamento do veículo”, comenta o coordenador.

Pontos de atenção

As bombas de combustível são componentes extremamente delicados que podem apresentar problemas se mal instaladas ou se expostas a situações agressivas. Destacamos abaixo os principais pontos de atenção.
• Excesso de corrente, provocando queima nos fusíveis;
• Alimentação elétrica incorreta, prejudicando a vazão de combustível;
• Aterramento irregular;
• Combustível adulterado;
• Filtros saturados;
• Tanque com impurezas;
• Mangueiras danificadas;
• Reguladores de pressão defeituosos;
• Utilização de braçadeiras que não possuem tratamento de inox, provocando oxidação das mesmas e posterior vazamento no sistema.

Artigos Relacionados
Leia mais em Dicas e Serviços

Veja também

FCA faz recall do Fiat Toro

Foi identificada a possibilidade de, em caso de batida frontal do veículo, o filtro de com…