Home Notícias Sette Câmara revela os segredos de um volante de Fórmula E

Sette Câmara revela os segredos de um volante de Fórmula E

Comentários desativados em Sette Câmara revela os segredos de um volante de Fórmula E

Sérgio Sette Câmara, piloto brasileiro da equipe Dragon Penske Autosport, explica em detalhes as funções existentes no volante de um carro da ABB FIA Fórmula E.

Em todas as principais categorias do automobilismo mundial a função de virar à esquerda e à direita é apenas uma das que possui o volante, e a Fórmula E não é uma exceção.

São peças nas quais cada equipe trabalha de forma específica, adaptando-as às necessidades do seu monoposto, e os ajustes que os pilotos implementam podem fazer a diferença entre ter um grande desempenho… ou ficar sem energia e ter que abandonar uma competição.

O volante possui diversos botões com os quais o piloto aciona, entre outras funções, o limite de velocidade no pitlane, a comunicação via rádio com a equipe, o fanboost e o modo de ataque, além de botões multifuncionais para alterar a configuração do monoposto e obter um melhor gerenciamento da bateria.

“A maioria das opções que temos no volante tem como objetivo nos ajudar a distribuir a energia durante a corrida para chegar até o final”, explicou Sette Câmara, que neste fim de semana, em Ad Diriyah, iniciará sua primeira temporada completa na série de carros elétricos, depois de haver estreado em agosto do ano passado em Berlim.

“O pior que pode passar na Fórmula E é que sua energia acabe antes da corrida, e a maioria das coisas que estão aqui são para nos guiar e saber quanto temos que usar em cada volta para chegar ao final”, disse.

A explicação detalhada de Sette Câmara permite saber em detalhes tudo o que pode ser feito com o volante e as muitas coisas às quais um piloto deve prestar atenção na pista.

Fonte: ABB FIA Formula E
Foto: Divulgação

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Novo CTB “simplifica por um lado e endurece por outro”, diz ministro

Validade da CNH passa de cinco para dez anos O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes …