A Jaguar desenvolveu o sistema de som Audible Vehicle Alert System (AVAS) para o I-PACE, que avisa os pedestres mais vulneráveis de que um veículo elétrico (EV) se aproxima.

Sem o som característico de um motor de combustão, o SUV elétrico Jaguar I-PACE precisava de uma nova forma de chamar a atenção de pessoas cegas, com dificuldades de visão e pedestres mais vulneráveis sempre que um veículo elétrico se aproxima em baixa velocidade.

A Jaguar projetou o sistema exclusivo Audible Vehicle Alert System (AVAS) para o seu primeiro veículo elétrico e que cumpre a legislação que em breve entrará em vigor em todo o mundo. Os engenheiros da Jaguar desenvolveram um som que pode ser ouvido a uma velocidade de 20km/h ultrapassando os 56dB(A), mínimos exigidos pela legislação europeia – a mais rígida do mundo -, para todos os veículos elétricos lançados a partir de julho de 2019.

O som emitido pelo I-PACE foi testado por membros da associação de Cães Guia para Cegos, a organização beneficiente mais importante do Reino Unido para pessoas que sofrem de perda de visão, no âmbito dos testes realizados pela Jaguar. Além disso, esse foi o início de uma relação entre as duas organizações que deverá evoluir.

Iain Suffield, técnico especialista da Jaguar em NVH (Noise, Vibration and Harshness), afirma: “A ausência de som de um motor convencional nos veículos elétricos criou um problema para os pedestres mais vulneráveis, como é o caso dos cegos ou das pessoas com problemas de visão. Essa situação é mais evidente quando o veículo circula em baixa velocidade no centro das cidades ou dentro de um estacionamento. Para tanto, desenvolvemos o sistema Audible Vehicle Alert System no I-PACE a fim de garantir a segurança de todos os pedestres nas estradas e ruas. A nossa tecnologia salvará vidas não pode ser desligada e estamos orgulhosos por contar com o apoio da associação de Cães Guia de modo a garantir que os nossos produtos sejam testados pelo público-alvo e por pessoas reais.”

Os engenheiros da Jaguar trabalharam durante quatro anos para desenvolver um som que fosse audível e discreto, porém inaudível no interior do veículo. Os testes iniciais inspirados nas naves espaciais dos filmes de ficção científica tiveram de ser colocados de lado, uma vez que os pedestres reagiam olhando para o céu e não para a estrada sempre que um veículo elétrico se aproximava.

Os engenheiros testaram vários sons em diversos ambientes, incluindo uma sala anecoica (um espaço onde não há eco) e em vários locais urbanos, antes de chegar ao som final do I-PACE. O som é emitido por um autofalante localizado atrás da grade dianteira, que pode ser ouvido a partir de qualquer direção e que não pode ser desligado.

O som de alerta aumenta de tom e volume à medida que o veículo vai acelerando. Quando a marcha ré é acionada, um tom adicional que indica a mudança de direção é emitido. O sistema AVAS não funciona em altas velocidades, pois nesse momento existem barulhos aerodinâmicos e de rodagem suficientes que alertam os pedestres para a aproximação de um veículo de zero emissões.

John Welsman, parceiro de negócios e política (Viagem & Mobilidade) da Cães Guia para Cegos, acrescenta: “A associação de Cães Guia fez uma campanha muito forte para a obrigatoriedade de um sistema de som audível em veículos silenciosos, mesmo quando esses estiverem parados nas faixas de pedestres. Damos os parabéns à Jaguar por ser a primeira marca a lançar um veículo EV que abraça os padrões mais exigentes, mesmo antes da entrada em vigor da legislação, e esperamos que a marca continue a trabalhar neste projeto.”

A Jaguar apresentou o I-PACE, o seu primeiro SUV elétrico de alta performance no início deste ano com o intutito de oferecer um veículo esportivo sustentável, com a última geração de inteligência artificial (IA) e a simplicidade de um SUV de cinco lugares.

Com uma bateria de última geração de íons de lítio de 90kWh, dois motores elétricos projetados pela marca e um chassi de alumínio feito sob medida, o I-PACE é capaz de acelerar dos 0 aos 100 km/h em 4,5 segundos e conta com uma autonomia de 470 km em circuito WLTP.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Novo Presidente e CEO do Grupo Volkswagen Argentina

Thomas Zahn será o novo Presidente e CEO do Grupo Volkswagen Argentina a partir de janeiro…