Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.
Sentir na pele as dificuldades enfrentadas pelas pessoas com deficiência e com mobilidade reduzida. Foi com essa proposta que a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) realizou uma ação educativa no Teresina Shopping, onde foi realizada uma simulação com uma pessoa utilizando cadeira de roda e bengala para que ficasse clara à necessidade do respeito às Vagas Especiais.
 
De acordo com o agente de trânsito da Strans, Jhom Ribeiro, a ação foi muito bem aceita pelas pessoas que passaram pelo local. “O nosso trabalho no shopping foi muito positivo. Percebemos que as pessoas ficaram surpresas com a ação, mas participaram e entenderam a importância do respeito às Vagas Especiais”, destacou.
 
Jhom ressaltou que as pessoas precisam respeitar o espaço do outro. “Todos nós somos especiais, mas os idosos e as pessoas com deficiência necessitam de Vaga Especial para estacionar e assim ter uma melhor acessibilidade. Na ação, conversamos muito com as pessoas para mostrar a necessidade desse respeito”, explicou.
 
É preciso ficar claro que o uso indevido dessas vagas é uma infração gravíssima e sujeita o veículo à multa no valor de R$ 293,47 e remoção do veículo. (Art.181, XX, do Código de Trânsito Brasileiro).
 
As pessoas idosas e com deficiência ou com dificuldades de locomoção têm direito a estacionar nas vagas especiais nas vias públicas, em estabelecimentos públicos ou privados e de uso coletivo (art.24, XI CTB), nos shoppings e estabelecimentos comerciais, entretanto, essas vagas só podem ser usadas mediante o uso do Cartão de Estacionamento Vaga Especial, no painel do veículo, em local visível. O cartão é emitido gratuitamente pela Strans.
 
Para fazer o cadastro o idoso deve comparecer à sede da Superintendência com a cópia da identidade, CPF e comprovante de residência. Já a pessoa com deficiência para se cadastrar precisa procurar o Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) mais próximo da sua casa com a cópia da identidade, CPF, comprovante de residência e o laudo do médico com o Código de Identificação da Doença (CID).
 
O cartão de estacionamento especial para idoso e pessoa com deficiência foi elaborado em conformidade com as Leis Federais de Nº 9503/1997 e 10.741/2003 e a Lei Municipal Nº 3.488/2006, por esse motivo o cartão é válido em todo território nacional.
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Mitsubishi ASX ganha novidades na linha 2019

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.Além do legítimo sistema 4×4…