SUV também ganhou o Advanced Award pela oferta de sistemas de segurança exclusivos na categoria.

O Volkswagen T-Cross, nova referência no segmento de SUVs compactos no Brasil, chega ao mercado brasileiro com uma importante conquista – o modelo obteve classificação máxima nos testes realizados pelo Latin NCAP, que avalia carros novos vendidos na América Latina e Caribe. O SUV fabricado em São José dos Pinhais (PR) se torna também um dos mais seguros automóveis à venda no Brasil, com 5 estrelas na proteção para adultos e crianças.

O Latin NCAP também atribuiu ao T-Cross o Advanced Award, pela oferta do sistema de frenagem automática pós-colisão, que aciona automaticamente os freios do veículo em caso de acidente, evitando colisões subsequentes e também por oferecer a tecnologia de proteção aos pedestres que atenua lesões em situação de atropelamentos através de áreas de deformações programadas e elementos de absorção de energia.

“O T-Cross, da mesma forma que o Novo Polo e o Virtus, é um modelo que oferece o melhor também no quesito segurança. A Volkswagen tem aplicado tecnologias e recursos avançados em seus veículos, de forma a oferecer o melhor nível de proteção aos ocupantes”, afirma Antônio Carnielli Jr., gerente executivo de Desenvolvimento do Produto da Volkswagen do Brasil. “Essa classificação máxima comprova os nossos esforços e a aplicação dessa alta tecnologia no desenvolvimento do veículo”, conclui.

O T-Cross faz parte dos cinco novos SUVs a serem lançados pela Volkswagen na América Latina até 2020 e é produzido sobre a Estratégia Modular MQB, que é o mais moderno conceito de produção do Grupo Volkswagen no mundo. Os veículos baseados na Estratégia Modular MQB proporcionam o que há de mais avançado em termos de design, inovação, alta performance e segurança.

Graças à MQB, o SUV é um dos veículos mais seguros à venda no mercado nacional. O T-Cross utiliza em sua estrutura diversos tipos de aços. Grande parte é composta por aços de alta e ultra-alta resistência – incluindo aços conformados a quente, que ultrapassam em dez vezes a resistência de aços considerados “convencionais”. Essa tecnologia colabora para reduzir o peso do veículo, ao mesmo tempo em que melhora seu desempenho em testes de colisão.

A estrutura do assoalho, na Estratégia Modular MQB, possui grande aplicação de aço conformado a quente, extremamente forte – cerca de quatro vezes mais forte que uma chapa de aço convencional – colabora para reduzir o peso do veículo, ao mesmo tempo em que melhora o desempenho do veículo em testes de colisão, aumentando a segurança na cabine. O aço conformado a quente está em 18,5% da estrutura do T-Cross.

Além disso, todas as versões do T-Cross são equipadas de série com ESC – Controle Eletrônico de Estabilidade, e trazem seis airbags (dianteiros, laterais e do tipo cortina). O T-Cross também é equipado com os sistemas ISOFIX® e Top-Tether, que garantem mais segurança e facilidade para fixação de cadeirinhas infantis.

Testes rigorosos

Os testes do Latin NCAP incluem análise de impacto frontal – a 64 km/h contra uma barreira deformável descentrada (40%) –, impacto lateral (contra uma barreira deformável montada em um trenó a 50 km/h contra o veículo) e impacto lateral contra poste – o veículo é lançado lateralmente a 29 km/h em direção a um poste.

A classificação da proteção infantil é oferecida por meio da avaliação do comportamento dinâmico dos sistemas de retenção infantil (as “cadeirinhas de criança”) nos testes frontal e lateral, além da facilidade e segurança na instalação desses dispositivos.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

60 Anos da MINI: fãs da marca celebram ao redor do mundo

A edição especial e limitada que celebra o 60º aniversário do lançamento oficial do Mini c…