Em um sábado de céu azul e vento frio, os termômetros não passaram dos 18ºC, mas na pista do Autódromo Velo Città a temperatura subiu: os pilotos gentlemen drivers da Mitsubishi Lancer Cup abriram a temporada 2016 acelerando os Lancer RS em duas corridas muito disputadas.
“O grid está competitivo e como os carros são rigorosamente iguais, vencem os melhores pilotos”, explica Guilherme Spinelli, diretor da Ralliart Brasil, divisão de alta performance da Mitsubishi Motors. “Apenas um décimo pode fazer uma enorme diferença. Está muito apertado”, completa Elias Azevedo, vencedor da categoria Lancer RS na segunda prova do dia.
As duas corridas foram realizadas no Velo Città durante o Sette Day, evento exclusivo criado pelo Autódromo. Na programação, track day para superesportivos, passeio de balão, volta rápida ao lado do piloto e coach da Lancer Cup Ingo Hoffmann e ainda espaços especiais para as crianças e mulheres.
“Para nós é uma alegria fazer a Lancer Cup em um evento tão bem organizado, que respira automobilismo e que foi pensado para atender não só os pilotos mas também suas famílias”, celebra Spinelli. “Os participantes do track day puderam curtir nossas corridas e os pilotos gentlemen drivers também puderem aproveitar uma programação completa.”
Campeões da primeira etapa
 
Na primeira corrida, realizada às 13h, o mineiro Mauro Neuenschwander levou a melhor. “É maravilhoso. Ano passado venci quase todas as etapas, faltou apenas uma. Então já cheguei animado para esse ano”, conta o piloto de um Lancer RS. “Consegui a pole, mas cometi um erro. E aí coloquei pressão no JP Mauro, um excelente piloto, para retomar minha posição e chegar.”
Estreante na Lancer Cup, JP Mauro brigou milésimo a milésimo com o vencedor da prova. “Consegui me adaptar rápido, gostei do carro. Andei bem e fiquei satisfeito. Realmente a disputa foi muito boa e divertida”, conta o piloto. Ele conquistou dois segundos lugares neste sábado.
Já na categoria Master, para pilotos acima de 45 anos, Renato Favatti subiu ao lugar mais alto do pódio na primeira corrida. “Andei do jeito que sei andar e me surpreendi com o quarto lugar na classificação. Achei o caminho das pedras, cheguei em quarto na geral e primeiro na Master”, comemora. “Vou encarar o resto da competição com mais motivação.”
E na categoria Light, para pilotos que nunca tinham corrido de Lancer RS nos anos anteriores, Sergio Laganá, que também estreou na Lancer Cup, celebrou. “Tenho vários amigos que andam aqui e viviam me convidando. A pista é gostosa e desafiadora e gostei bastante do carro”, fala. “É claro que pegar o primeiro lugar é muito bacana. Mas quero mais.”
Antes da segunda corrida do dia, os pilotos fizeram mais uma tomada de tempo para definir a posição de largada. “Classificamos novamente e eu pude fazer a melhor volta, para largar na pole”, conta Ricardo Feltre, campeão da categoria Lancer RS. “Temos que buscar o campeonato de novo. Sei que tem muitos pilotos bons, mas como vencemos ano passado, o objetivo é ser campeão de novo.”
Na Light, Luiz Barcellos emocionou-se com sua primeira vitória. “Nunca vou esquecer. Depois de três anos, eu estou andando mais rápido e sendo mais confiante. E me diverti muito, como sempre, que é o mais importante. Esse campeonato propicia divertimento para quem ama automobilismo. E ganhar é maravilhoso.”
E na Master, Elias Azevedo, também estreando na Lancer Cup, comemorou a vitória. “É muito bacana. Participar deste evento é fantástico”, conta. “Vou lutar pelo campeonato da Master e, quem sabe, brincar na geral. O Ingo me ajudou muito, é um excelente mestre e professor”, falou sobre Ingo Hoffmann, coach dos pilotos da Lancer Cup. 
A próxima etapa da Lancer Cup 2016 será dia 14 de agosto, no Autódromo de Interlagos (SP), junto ao Campeonato Paulista da FASP.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Floresta Mercedes-Benz reforça o compromisso da marca com um mundo mais sustentável

Mais de 13 mil árvores nativas serão plantadas em parceria com a Fundação SOS Mata Atlânti…