O Governo do Estado do Piauí, por meio da Secretaria de Estado dos Transportes (Setrans), vai dar início às obras de urbanização e revitalização das calçadas da Avenida Nossa Senhora de Fátima, na zona Leste da capital. O projeto é fruto de uma parceria entre a Prefeitura Municipal de Teresina, elaboradora do projeto, e o Governo do Estado, que vai executar a obra.
No total, o Governo do Estado deve investir recursos de aproximadamente R$ 1 milhão de reais. O projeto tem como objetivo adequar os passeios públicos, de modo a garantir o livre acesso e o trânsito de pedestres, sobretudo de pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida. Os trabalhos consistem na nivelação, reestruturação e arborização das calçadas, adequando estes espaços à Lei Nº 4.522, denominada de “Lei das Calçadas” de Teresina.
Atualmente o trecho conta com calçadas totalmente danificadas, desniveladas e sem a orientação visual necessária para a locomoção. Outro problema identificado é o estacionamento irregular, onde veículos invadem as calçadas ao longo do percurso, forçando os pedestres a circularem pelas pistas de rolamento.
Segundo o secretário de Estado dos Transportes, Guilhermano Pires, a obra representará um ganho expressivo para a região. “Esta é, sem dúvidas, uma obra muito importante para o turismo da capital, uma vez que vai padronizar um espaço já consolidado, que é o polo gastronômico de Teresina, fomentando o turismo e a economia na região. Com as obras, esperamos oferecer um espaço mais aconchegante, bem sinalizado e seguro para a população e para turistas que visitam o local.”, destaca o gestor.
 
Os novos passeios serão feitos com blocos de concreto intertravado, do tipo “paver”. Ao longo da via, será instalado o piso de alerta, em borracha, sempre que houver necessidade de sinalizar situação de perigo ou risco de queda. O piso tátil também será utilizado para sinalizar equipamentos suspensos, como lixeiras e orelhões, entradas de garagens residenciais, vagas para veículos e rampas de rebaixamento. Outra novidade será o piso direcional, utilizado para sinalizar rota ou ponto preferencial de interesse, como em paradas de ônibus, por exemplo.
Novos Equipamentos, Sinalização e Iluminação
Serão instalados, ao longo da via, na faixa de serviço, bancos com bicicletário e lixeiras. Também serão colocadas placas de sinalização ao lado das vagas para pessoas com deficiência, sendo que todas as vagas ficarão nas esquinas das ruas perpendiculares, após a rampa de rebaixamento. Já a parte da iluminação, que atualmente se encontra no canteiro central, deve ser substituída por luminárias mais baixas com lâmpadas de LED, tendo em vista a complementação dos passeios.
Rebaixamento (Acessibilidade)
O projeto comtempla a construção de dois modelos de rampas, condicionando a largura dos novos passeios às calçadas existentes, sendo rampas diretas, localizadas no meio da quadra, e rampas laterais, instaladas a uma distância mínima de 5m das esquinas.

Faixa de Serviço e Faixa Livre
A função da faixa de serviço é acomodar os equipamentos urbanos como mobiliário, caixa das concessionárias, postes de fiação, sinalização e rampas de rebaixamento, tanto de pedestres quanto de veículos. Já a faixa livre tem como objetivo garantir a acessibilidade a todas as pessoas sendo contínua, nivelada e livre de obstáculos.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Cronos e Strada ganham equipamentos de segurança de série

Novidades são válidas para as versões Drive 1.3 do sedã e Freedom 1.3 da picape A ampla li…