A população que reside na região do Bela Vista, zona sul de Teresina, passará a utilizar, de forma experimental, o terminal de integração localizado no bairro a partir do final deste mês de maio. A obra custou cerca de R$ 5 milhões e será o ponto de ligação entre as linhas alimentadoras e troncais de ônibus. 
“Esse é o início da operação do novo modelo para a população da zona sul. Esse novo modelo modifica a lógica do transporte coletivo e isso exige uma mudança de comportamento tanto por parte da Prefeitura como da população. Então, a entrada em funcionamento experimental vai possibilitar que possamos cumprir essas duas funções. Todas as linhas de ônibus que servem a região do Bela Vista, nos finais de semana e nos feriados, vão atuar na lógica do novo sistema: vai ter uma linha alimentadora saindo dos bairros mais distantes para o terminal e vai ter uma linha expressa saindo do terminal para o centro da cidade. Isso vai exigir modificações de comportamento não só dos passageiros, como a Prefeitura vai aprender e corrigir os possíveis erros na condução da operação desse novo modelo”, explica o prefeito Firmino Filho, que visitou o terminal na manhã desta quinta-feira (04).
Segundo o superintendente municipal de Transportes e Trânsito, Carlos Daniel, esse período experimental ocorrerá pelo tempo necessário às adaptações e, assim como aconteceu na zona sudeste, a população será orientada por profissionais no local.
 
O terminal de integração do Bela Vista formará um conjunto do novo modelo de transporte público com os corredores e faixas exclusivas, as estações de passageiros, além do terminal de integração do Parque Piauí, cuja construção começou no início deste ano e deverá ser concluída em 12 meses. 
Este terminal está sendo erguido em um terreno na avenida Henry Wall de Carvalho, próximo ao Clube dos 100. A obra está na fase de construção de uma galeria para escoar a água da chuva. “Aqui temos um leito natural de águas. O que estamos fazendo é controlando ela, colocando em local fechado, uma galeria, para que possamos executar as obras do terminal de integração do Parque Piauí. A obra começou em janeiro e estamos tentando agilizar ao máximo junto à empresa responsável para terminarmos em dezembro”, afirma Carlos Daniel. 
Assim que concluído, esse terminal também será entregue para que a população que mora no entorno do Parque Piauí possa passar por uma adaptação. “Até o final do ano nós teremos a conclusão do terminal do Parque Piauí e com os dois terminais poderemos ter todo o novo modelo em operação na zona sul como um todo. Os corredores já estão bem adiantados, tanto na Miguel Rosa, como na Barão de Gurgueia e Henry Wall de Carvalho”, diz Firmino. 
Viaduto da Tabuleta
Outra obra que integrará esse sistema da zona sul é o viaduto que será construído no bairro Tabuleta, ligando a avenida Henry Wall de Carvalho à avenida Barão de Gurgueia. De acordo com o prefeito, esse viaduto deverá ser iniciado ainda este ano. 
“O viaduto da Tabuleta está em processo de fechamento do orçamento e devemos assinar até a próxima semana a autorização para a licitação, que deve durar cerca de dois meses e no aniversário da cidade deveremos assinar a ordem de serviço. Esse viaduto complementa o outro que está sendo construído pelo Governo do Estado no balão da Miguel Rosa, que a gente espera que seja concluído até o final do ano. O da Tabuleta é missão da Prefeitura, que é para melhorar o tráfego de veículos e a saída dos ônibus entre a Henry Wall de Carvalho e a Barão de Gurgueia”, finaliza.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Ônibus VW moderniza frota argentina de transporte público

Como motorização MAN D08, esses dois Volksbus têm sistema EGR de tratamento de emissões, d…