O teresinense aprova a decisão da Prefeitura da capital de destinar faixas exclusivas para tráfego do transporte coletivo nas principais avenidas da cidade. A comprovação foi feita através de pesquisa de opinião realizada pelo Instituto Amostragem, que ouviu 800 pessoas em todas as regiões da cidade entre os dias 27 de fevereiro e dois de março.
Questionados sobre o grau de concordância com a implantação das faixas para ônibus e transporte coletivo, 83,12% dos entrevistados se declararam a favor da medida. A pesquisa apontou que apenas 13,88% dos entrevistados são contra as faixas e outros 3% não souberam dizer ou não quiseram opinar.
Já estão em funcionamento as faixas de ônibus exclusivamente destinadas ao transporte coletivo na avenida Frei Serafim e nas ruas Pires de Castro e Coelho de Resende. Estão em fase de implantação as faixas nas avenidas Miguel Rosa e Barão de Gurguéia, no centro da cidade e na Avenida Presidente Kennedy, na zona Leste.
A implantação de faixas de trânsito para uso exclusivo do transporte público é uma das mudanças que estão sendo feitas pela Prefeitura de Teresina, através da Strans, para melhorar o fluxo de veículos no centro da cidade. A medida é parte importante de todo um projeto que vai, nos próximos anos, promover uma completa transformação do serviço na capital piauiense.
A pesquisa realizada pelo Amostragem para avaliar o impacto da adoção das faixas exclusivas na opinião pública foi contratada pela própria Prefeitura de Teresina.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Nissan Frontier bate recorde de participação de mercado no Brasil em fevereiro

Picape média teve 11,9% de participação de mercado no segmento A Nissan Frontier segue ace…