\"\" 

 
 
A Toyota alcançou recorde de 7.053.000 em vendas globais acumuladas de seu line up de veículos híbridos em 31 de setembro deste ano. A nova marca foi atingida em apenas nove meses após a montadora ter registrado 6 milhões de automóveis híbridos comercializados.
 
A família Prius representa o maior número de unidades vendidas em todo mundo, com 4,7 milhões de automóveis negociados, algo em torno de 66% do total de híbridos vendidos pela marca.
 
Impacto Ambiental
 
A Toyota calcula que, desde 1997, com a chegada do Prius ao mercado, até 31 de setembro deste ano, os veículos híbridos da marca resultaram na redução de 49 milhões de toneladas de CO2 que seriam emitidas na atmosfera, caso fossem utilizados veículos movidos a gasolina de tamanho similar e performance de condução. A empresa também estima ter salvado cerca de 18 quilolitros de gasolina em comparação com a quantidade utilizada por automóveis a gasolina de mesmo porte de um híbrido.
 
A Toyota tem posicionado seu portfólio de veículos híbridos, que permitem o uso de diferentes combinações de combustíveis, como tecnologias ambientais centrais para o século XXI. A montadora planeja continuar trabalhando para melhorar ainda mais o desempenho, reduzir custos, e expandir seu line up de produtos sustentáveis — incluindo carros não híbridos mais favoráveis ao meio ambiente – a fim de criar veículos de alcance popular entre os consumidores.
 
 
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

\"\" 

 
 
A Toyota alcançou recorde de 7.053.000 em vendas globais acumuladas de seu line up de veículos híbridos em 31 de setembro deste ano. A nova marca foi atingida em apenas nove meses após a montadora ter registrado 6 milhões de automóveis híbridos comercializados.
 
A família Prius representa o maior número de unidades vendidas em todo mundo, com 4,7 milhões de automóveis negociados, algo em torno de 66% do total de híbridos vendidos pela marca.
 
Impacto Ambiental
 
A Toyota calcula que, desde 1997, com a chegada do Prius ao mercado, até 31 de setembro deste ano, os veículos híbridos da marca resultaram na redução de 49 milhões de toneladas de CO2 que seriam emitidas na atmosfera, caso fossem utilizados veículos movidos a gasolina de tamanho similar e performance de condução. A empresa também estima ter salvado cerca de 18 quilolitros de gasolina em comparação com a quantidade utilizada por automóveis a gasolina de mesmo porte de um híbrido.
 
A Toyota tem posicionado seu portfólio de veículos híbridos, que permitem o uso de diferentes combinações de combustíveis, como tecnologias ambientais centrais para o século XXI. A montadora planeja continuar trabalhando para melhorar ainda mais o desempenho, reduzir custos, e expandir seu line up de produtos sustentáveis — incluindo carros não híbridos mais favoráveis ao meio ambiente – a fim de criar veículos de alcance popular entre os consumidores.
 
 
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Audi competirá no Rally Dakar a partir de 2022 com veículo eletrificado

Fabricante marcou história nas competições de rally desde 1981 com o lendário Audi quatro …