A Toyota foi coroada pela oitava vez como marca líder em valor no setor automotivo global, segundo 10ª edição do ranking BrandZTM Top 100 Most Valuable Global Brands 2015, a maior base de dados sobre relação entre consumidores e marcas no mundo inteiro.
O estudo combina fórmulas e medidas que delimitam o valor das empresas, com base na percepção e opinião das pessoas. Idealizadora do ranking BrandZTM, a Millward Brown Optimor, consultoria global líder em análises de comunicações e marketing, propaganda e pesquisa digital, entrevistou mais de 2 milhões de consumidores em mais de 30 países.
A Toyota, com um valor de marca estimado em US$ 28,9 bilhões, tem permanecido entre as posições máximas do BrandZTM desde 2006, quando a Millward Brown Optimor iniciou a série. Além da Toyota, a marca Lexus também figura entre as dez mais valiosas do segmento, com US$ 4,3 bilhões.
Para compilação das informações são proporcionalmente consideradas performance financeira e de negócios de cada companhia, a fim de separar o valor que a marca desempenha para gerar receita e capitalização de mercado. Na equação são incluídas, ainda, as variações regionais.
Segundo os autores do relatório, embora as vendas de automóveis tenham apresentado sinais de melhoras em algumas regiões, o patamar permanece abaixo dos níveis pré-recessão em outros mercados, impactando negativamente os valores globais das marcas. Em contraste, as vendas totais da Toyota Motor Corporation em 2014 aumentaram em 2,5%, para 10,2 milhões de unidades, impactando positivamente para valorização da marca no ranking deste ano.
Novas tecnologias
O pioneirismo na produção de veículos com tecnologia de propulsão alternativas, atreladas à redução de emissões, foi outro fundamental aspecto que levou a Toyota à liderança no ranking BrandZTM em 2015, de acordo com os especialistas.
Em 2014, a Toyota lançou o primeiro carro abastecido a hidrogênio em escala comercial no mundo, o Mirai, já disponível para venda no Japão. No segundo semestre deste ano, a fabricante deve iniciar a comercialização do modelo movido à célula de combustível na Europa e EUA.
Além disso, a companhia foi a primeira fabricante no mundo a produzir veículos híbridos, com a introdução do Prius, em 1997. Desde então, as vendas de automóveis da marca com esta tecnologia ultrapassaram a barreira das 7 milhões de unidades globalmente.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Aventureiro fica preso no Chile com seu Ford Ka no meio da pandemia

No quarto episódio da minissérie Ka Estou Viajando pela América do Sul, Gustavo Blume é ob…