Toyota também tem colaborado com várias empresas para criar serviços de mobilidade

A Toyota Motor Corporation e a Panasonic Corporation finalizaram os contratos que visam a criação de uma nova joint venture no setor de desenvolvimento urbano. As empresas pretendem fundir as iniciativas de serviços de mobilidade promovidas pela Toyota e as iniciativas de “atualizações de estilo de vida” lideradas pela Panasonic por meio do estabelecimento da joint venture, trazendo mais valor à cidade.

A Toyota e a Panasonic estão comprometidas em melhorar a vida das pessoas enquanto buscam crescimento e avanços no setor de desenvolvimento urbano. Uma mudança rápida é esperada nesse negócio devido à implantação acelerada da Internet das Coisas em eletrodomésticos e equipamentos, bem como na evolução da mobilidade, como CASE (Conectado, Autônomo, Compartilhado e Elétrico) e MaaS (Mobilidade como um Serviço), um novo conceito de prestação de serviços, conectando carros, transporte público e outros meios de transporte por meio de TI.

No mercado de habitações, onde é esperado um aumento na concorrência, as duas empresas reforçarão suas práticas por meio da integração de seus respectivos negócios de habitação.

“No futuro, além do hardware, a prestação de serviços melhorados, apoiados pela tecnologia, assumirá um papel mais importante no desenvolvimento urbano, agregando valor aos clientes e à comunidade local. A Toyota lidera o campo da mobilidade e a Panasonic há muito tempo atende às necessidades de estilo de vida das pessoas. Vamos unir nossos pontos fortes e melhorar a vida das pessoas. Com essa colaboração, a Panasonic continuará se desafiando para manter os avanços nos negócios de desenvolvimento urbano, entregando o estilo de vida ideal a cada cliente”, declarou Kazuhiro Tsuga, presidente da Panasonic.

“De agora em diante, as informações estarão conectadas a todos os itens e serviços que auxiliam a vida cotidiana das pessoas graças ao desenvolvimento do CASE – em outras palavras, trabalhar a partir do conceito de “cidades conectadas” será importante. Para entender isso, acredito que é fundamental termos um espírito de cooperação com amigos e aliados, ao mesmo tempo em que compartilhamos nossas metas sobre que tipo de futuro queremos criar. Quero assumir o desafio de oferecer um novo tipo de estilo de vida, baseado no espírito de sempre querer ser melhor, trazendo os pontos fortes da Toyota, com seus veículos e negócios conectados, e da Panasonic, com eletrodomésticos, baterias e Internet das Coisas, e de aumentar nossa competitividade, com o negócio de habitaçã o tendo as duas empresas como núcleo”, afirmou Akio Toyoda, presidente da Toyota.

A Panasonic, juntamente com várias empresas, tem liderado o desenvolvimento de cidades inteligentes sustentáveis como modelos avançados de desenvolvimento urbano, chamando atenção no Japão e em outros países como exemplos inovadores de sucesso. Enquanto isso, a Toyota vem construindo uma plataforma de serviços de mobilidade e aprimorando a criação de “carros conectados”, para oferecer uma sociedade de mobilidade irrestrita, segura e confortável para todos, e promover várias iniciativas de big data para beneficiar os clientes e a sociedade.

Além disso, a Toyota também tem colaborado com várias empresas para criar serviços de mobilidade. Com a joint venture, ambas as empresas estão comprometidas em contribuir para o desenvolvimento de cidades mais atraentes, fazendo uso do conhecimento e da tecnologia digital da Panasonic, relacionados à vida das pessoas e à expertise da Toyota em mobilidade.

Objetivos principais

Com os conceitos de “casa” ou “cidade” sujeitos a alterações drásticas devido a fatores como mudanças nos valores do cliente e avanços adicionais na mobilidade, como na condução automatizada e desenvolvimento de tecnologia de comunicação e outros campos, o elemento chave necessário para tornar uma determinada cidade competitiva no negócio de desenvolvimento urbano pode mudar da “localização” daquela cidade para “o grau de satisfação com a infraestrutura de serviços para a vida diária” naquela cidade.

Além disso, no mercado de habitação doméstico, com a redução no número de novas moradias, devido à atual situação demográfica, é esperado um aumento na competitividade do mercado. Sob tais circunstâncias, com a joint venture, a Panasonic e a Toyota pretendem integrar seus respectivos negócios de habitação e reforçar as bases frente a uma forte concorrência no mercado. Ao mesmo tempo, a Panasonic e a Toyota pretendem crescer sua atuação no campo do desenvolvimento urbano, que continuará aumentando no futuro, utilizando os pontos fortes de ambas as empresas.

Com a integração dos negócios de habitação da Panasonic Homes, da Toyota Housing e da Misawa Homes, a Panasonic e a Toyota pretendem ter uma posição de destaque no mercado de habitação japonês, com um fornecimento de aproximadamente 17.000 moradias. As duas empresas se esforçarão para aprimorar a estrutura de gestão e expandir a escala dos negócios.

A joint venture estabelecerá a mesma proporção de propriedade entre o grupo Panasonic e a Toyota, a fim de garantir sua gestão autônoma, continuando a receber o apoio dos dois acionistas. Embora a joint venture deva estar fora do escopo de consolidação da Panasonic e da Toyota, o crescimento e a criação do negócio de desenvolvimento urbano, com a combinação do mercado de habitações com o de tecnologia, continua sendo foco importante nas estratégias de negócios de ambas empresas. A joint venture fortalecerá ainda mais sua base nos empreendimentos por meio da integração dos negócios de habitação das duas empresas e estabelecerá uma estrutura que permitirá a expansão dinâmica do ramo de des envolvimento urbano, que será o núcleo de seu crescimento futuro.

Artigos Relacionados
Leia mais em Destaques

Veja também

Fiat celebra 100 anos de história na Argentina

A expansão da Fiat na Argentina inicialmente se baseou na comercialização das últimas novi…