O Toyota Etios acaba de conquistar um importante reconhecimento: o de menor custo sugerido de manutenção mecânica, de acordo com o Índice de Manutenção Veicular (IMV) do CESVI BRASIL (Centro de Experimentação e Segurança Viária).
Segundo o estudo da entidade, o Etios Sedã está na primeira colocação, empatado com outros quatro modelos, no quesito manutenção mais barata do mercado entre 45 veículos avaliados. Além disso, o Etios Hatch 1.5L conquistou o segundo lugar, também em um empate múltiplo.
Índice de Manutenção Veicular (IMV)
Para o estudo, o CESVI BRASIL, por meio do Índice de Manutenção Veicular (IMV), analisou, inicialmente, os 45 modelos mais vendidos no País no último ano, segundo dados da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores). Esses veículos foram avaliados quanto ao custo de manutenção mecânica conforme dados fornecidos pelos fabricantes. E o estudo analisou os componentes de rodagem e segurança que devem ser substituídos ao longo dos primeiros 100 mil quilômetros rodados.
Ao final, os veículos foram classificados em uma escala de pontuação que varia de 10 a 60 pontos, dependendo do valor do custo de manutenção. Os veículos mais bem avaliados, incluindo o Etios Sedã, atingiram 20 pontos, enquanto o Etios Hatch 1.5L somou 21 pontos, se estabelecendo na segunda posição, ao lado de outros concorrentes. Nessa classificação, quanto menor o IMV, menor é o custo de manutenção mecânica do veículo.
O cálculo do índice é baseado em uma fórmula que soma os custos dos componentes das manutenções preventiva e preditiva e os custos de mão de obra. Esses custos são levantados para cada modelo analisado até os 100 mil quilômetros iniciais.
Os veículos mais bem classificados no ranking do Índice de Manutenção Veicular do CESVI BRASIL são:
 
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Mercedes-Benz do Brasil é premiada por iniciativas de diversidade

Seguindo estratégia global da Daimler, Companhia valoriza as diferenças e fortalece a cult…