A Toyota vai investir US$ 50 milhões, nos próximos cinco anos, para ampliar o seu foco de atuação em ciência da computação e na interação homem-máquina, a fim de contribuir para a redução de acidentes e fatalidades em estradas e rodovias.
Em acordo colaborativo recentemente fechado com o Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) e a universidade de Stanford, ambas nos EUA, a fabricante irá posicionar um novo centro conjunto de pesquisa e desenvolvimento em cada instituição, focados em promover tecnologias em prol da mobilidade e inteligência em veículos automotores.
Desta forma, o centro de pesquisa com sede em Stanford irá colaborar com o MIT e a Toyota para desenvolver sistemas inteligentes avançados para reconhecer, entender e agir em ambientes de tráfego complexos.
Este esforço de colaboração vai abrir novos caminhos para sistemas e desenvolvimento de produtos por meio de uma ampla gama de aplicações.
A iniciativa da Toyota considera as oportunidades que surgem em meio ao crescente ambiente desafiador da mobilidade mundial, ao passo que visa a melhoria da vida das pessoas por meio do uso de tecnologias de inteligência artificial, tornando os veículos cada vez mais seguros.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Nissan comemora 20 anos de uma história de sucesso no Brasil

Da importação de carros à fabricante nacional de automóveis, marca consolida sua presença …