Saiba quais são os cuidados na hora da revisão para análise do alinhamento e estado dos faróis.

As trepidações em pistas irregulares e colisões podem alterar a posição do facho de luz dos faróis. A Arteb, um dos principais fabricantes mundiais de sistema de iluminação automotiva, destaca várias dicas para o motorista manter o sistema de iluminação do veículo em boas condições, garantindo visibilidade em qualquer situação.

Ao fazer a revisão preventiva para verificar a necessidade de alinhamento dos faróis é importante também analisar as condições das lentes. Quando amareladas, com riscos profundos ou trincadas podem comprometer o foco de luz. “Os faróis sofrem desgastes devido não só ao tempo de uso, mas também utilização de alguns produtos durante a lavagem do carro ou infiltração de água”, explica o engenheiro da Arteb, Egidio Vertamatti.

Para fazer a avaliação completa dos faróis, a recomendação é levar o veículo a uma empresa especializada e, caso haja a necessidade de trocar lâmpadas ou faróis, efetuar a substituição em pares para não causar desequilíbrio de luminosidade.

Componentes fundamentais para trafegar com segurança pelas vias, os faróis, lanternas e piscas devem estar em perfeitas condições para garantirem uma iluminação adequada. Além da questão da segurança no trânsito para motoristas e para passageiros do veículo e também pedestres, o sistema de iluminação pode causar prejuízos financeiros. O artigo 223 do Código de Trânsito Brasileiro define que transitar com o farol desregulado ou com o facho de luz alta de forma a perturbar a visão de outro condutor é infração grave, que resulta em multa e cinco pontos na carteira de habilitação do motorista. De acordo com dados apresentados pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), de janeiro a agosto de 2018, 2.295 multas foram aplicadas no Brasil por transitar com o farol desregulado ou com o farol alto perturbando a visão de outro condutor.

Responsável pela fabricação de faróis para diversas montadoras, a Arteb desenvolve sistemas de iluminação atendendo as exigências de diversas certificações que atestam a qualidade de seus produtos, entre elas, ISO 9001, Norma IATF 16949:2016, ISO 14000, certificações específicas para atender a Argentina (IRAM) e Europa (UCA) e Q1, recebido da Ford. Possui laboratório Arteb acreditado e credenciado Inmetro NBR ISO/IEC 17025, integrando-se à Rede Brasileira de Laboratórios de Ensaios (RBLE) que permite realizar vários testes, conferindo aos produtos qualidade, eficiência e tecnologia de ponta.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Fiat celebra 100 anos de história na Argentina

A expansão da Fiat na Argentina inicialmente se baseou na comercialização das últimas novi…