Redes
Facebook
Colunas e Blogs
Twitter
Destaques

19/04/2017 às 12:19

Financiamentos de veículos somam 14,3 mil unidades no Piauí no 1º trimestre

Vendas a crédito de autos leves são responsáveis por 60% do total financiado no estado

 

O volume de financiamento de veículos novos e usados no Piauí somou 14.264 unidades no primeiro trimestre do ano, queda de 5,4% em relação ao mesmo período do ano passado. Os dados incluem automóveis leves, motos e pesados. Nos três primeiros meses do ano, as vendas a crédito de automóveis leves totalizaram 8.541 unidades, sendo responsáveis por 60% do total financiado no estado. 

O levantamento é da B3, empresa resultante da combinação de atividades da BM&FBOVESPA, uma das maiores bolsas do mundo em valor de mercado, e a Cetip, maior depositária de títulos privados da América Latina. A B3 opera o Sistema Nacional de Gravames (SNG), base integrada de informações que reúne o cadastro das restrições financeiras de veículos dados como garantia em operações de crédito em todo o Brasil. O SNG impede que o processo de financiamento de veículos seja suscetível a fraudes sistêmicas. 

As vendas financiadas de motos atingiram 5.466 unidades no primeiro trimestre do ano, queda de 17,3% em relação ao mesmo período de 2016. 

O Nordeste totalizou 204.618 veículos financiados no primeiro trimestre do ano, avanço de 2,2% em relação ao mesmo período de 2016. Ao somar 55.780 motos vendidas a crédito, a região atingiu a vice-liderança no ranking de financiamentos da categoria em todo o Brasil, atrás do Sudeste.

O total de veículos financiados no Brasil no primeiro trimestre de 2017 totalizou 1.208.969 unidades, entre automóveis leves, motocicletas, pesados e outros, aumento de 7,2% em relação ao mesmo período de 2016. Desse total, veículos novos somaram 409.712 unidades vendidas a crédito, enquanto os usados chegaram a 799.257.

separador
Apoio
Apoio
Motor Mais TV
Reportagem Especial
Volkswagen Fox Connect e Fox Xtreme chegam ao mercado brasileiro

Volkswagen Fox Connect e Fox Xtreme chegam ao mercado brasileiro

Novidades têm apelo jovial, com enfoque na conectividade e tecnologias exclusivas no segmento