Canoo, Pony.ai e Faraday Future seguem em frente com computação de IA de alto desempenho e eficiência energética

A NVIDIA DRIVE AGX tem oferecido às startups automotivas um impulso com a tecnologia de Inteligência Artificial (IA). As startups de veículos elétricos e autônomos, Pony.ai, Canoo e Faraday Future, anunciam que trabalham no desenvolvimento de veículos usando a plataforma de computação NVIDIA DRIVE AGX. A plataforma de alto desempenho e eficiência energética possibilita a condução automatizada e autônoma em todos os níveis para desenvolvimento de veículos potente e definido por software.

Essas empresas estão se unindo a um ecossistema internacional amplo de fabricantes de automóveis, fornecedores de nível 1, fabricantes de caminhão, fornecedores de sensores, empresas de robotáxi e startups de software em desenvolvimento na NVIDIA DRIVE. Ao selecionar uma plataforma aberta e dimensionável, o ecossistema DRIVE está produzindo veículos autônomos em constante melhora, com recursos de atualização sem fio, para um transporte mais seguro e eficiente no futuro.

“A tendência de produtos sustentáveis e melhores para o meio ambiente é algo que já existe há algum tempo, incluindo os veículos nessa onda. Por isso, é sempre uma grande alegria estar à frente de projetos como esses que visam a melhora da qualidade de vida de uma forma geral. E tudo isso por conta da capacidade atual da inteligência artificial”, explica Marcio Aguiar, gerente sênior da NVIDIA Enterprise para América Latina.

Redefinindo a mobilidade e a entrega

Ao equipar o motorista humano com IA, a tecnologia de condução autônoma promete melhorar significativamente a mobilidade e a logística cotidiana.

Pony.ai é uma empresa de tecnologia de condução autônoma, que está desenvolvendo sua futura frota de robotáxis na NVIDIA DRIVE AGX Pegasus. A empresa está operando com veículos autônomos de teste para transporte privado desde 2018, na Califórnia, EUA, e na China. Em abril, a Pony.ai começou a fornecer serviços de entrega autônomos em Irvine, Califórnia, para ajudar as pessoas da área que estão em casa devido à Covid-19.

A startup diz que aproveitará a plataforma DRIVE AGX Pegasus para atender às crescentes demandas de computação necessárias para levar os robotáxis ao mercado. A plataforma de computação de IA alcança 320 trilhões de operações por segundo (TOPS) de deep learning e integra dois processadores NVIDIA Xavier e duas GPUs NVIDIA Turing Tensor Core.
Com a capacidade de processar uma variedade de redes neurais profundas redundantes e diversas simultaneamente, a Pony.ai pode se concentrar no desenvolvimento de uma tecnologia de mobilidade sustentável e segura para transporte de passageiros e entrega.

Uma nova visão para veículos pessoais

A startup de veículos elétricos Canoo revelou um veículo elétrico elegante semelhante a uma Kombi da Volkswagen futurista. Os veículos, projetados especificamente para um sistema de mobilidade compartilhada, entrarão em produção no final de 2021.

Os veículos da Canoo terão recursos de condução auxiliados por IA com tecnologia NVIDIA DRIVE AGX Xavier. A plataforma de computação oferece 30 TOPS de desempenho para detecção de objetos e fusão de sensores, executando algoritmos de última geração para oferecer alertas de trânsito, detecção de pontos cegos e detecção de pedestres, bem como recursos de conveniência, como controle de cruzeiro adaptável e controle de centro de pista.

A DRIVE AGX Xavier definida por software também permite recursos mais avançados, como alteração de pista automática, reconhecimento de luz de tráfego e direção defensiva, a serem introduzidos quando estiverem disponíveis.

A criadora de veículos elétricos de luxo Faraday Future também anunciou esta semana que desenvolverá seu próximo veículo FF91 usando DRIVE AGX Xavier. Com a computação de alto desempenho e eficiência energética como ponto central, o FF91 incorpora mais de 36 sensores para recursos de condução autônoma avançados. Espera-se que o principal veículo elétrico comece as entregas até o final deste ano.

Com o desenvolvimento da plataforma DRIVE AGX dimensionável, essas startups, bem como todo o ecossistema DRIVE, podem continuar a desenvolver recursos mais avançados e oferecer continuamente transporte realmente inteligente.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

BMW Group usa realidade aumentada na criação de protótipos

Realidade aumentada economiza até um ano na validação de novos modelos O BMW Group está us…