Home Notícias Veículos na cor branca continuam em alta junto ao consumidor brasileiro

Veículos na cor branca continuam em alta junto ao consumidor brasileiro

Comentários desativados em Veículos na cor branca continuam em alta junto ao consumidor brasileiro
A PPG (NYSE: PPG), líder mundial em tintas e revestimentos, anuncia os resultados de sua pesquisa anual com as cores automotivas mais populares. O estudo mundial, que serve de base para saber quais serão as mais utilizadas nos próximos anos pela indústria automobilística, revela que os consumidores continuarão a preferir carros com tonalidades neutras.
 
O brasileiro está em linha com os demais clientes da América do Sul ao querer a cor branca no momento da compra. Em menos de uma década, a procura pelo branco quase triplicou ao saltar de 13%, em 2009, para 37%, atualmente. Isso fez com que superasse o até então líder absoluto prata, que ficou estabilizado em 29% de procura. Em seguida, aparecem as cores preta (12%), cinza (10%) e vermelho (8%).
 
Atualmente, cerca de 40% dos veículos de luxo no Brasil apresentam a cor branca. Já entre os populares, este índice chega a 35%.
 
“Pela alta demanda dos últimos anos, o mercado desenvolveu variações de brancos. O mais sofisticado é o branco perolizado, que é mais difícil de produzir e possui um valor maior. O mais vendido é o branco liso tradicional”, afirma Alex Amorim, Diretor de Laboratório Automotivo OEM da PPG.
 
Outra novidade foi o desenvolvimento de um branco liso um pouco mais escuro e amarelado, chamado deoff white. Esse diferencial apresentado pelas montadoras conquistou o consumidor brasileiro.
 
Tendência mundial
Os resultados da América do Sul se parecem muito com a percepção mundial na escolha de cores automotivas. Segundo o estudo da PPG, a cor branca também se mantém como a mais popular entre os veículos globais, com 38%. No ano anterior, por exemplo, este índice era de 35%. Na segunda colocação no ranking mundial de cores preferidas está a preta, com 16% de procura. Em seguida, aparecem a prata e a cinza, com 12% e 10%, respectivamente. As quatro pinturas, somadas, representam 75% dos carros produzidos em 2016, de acordo com os dados da pesquisa.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Equipe Mercedes-EQ de Fórmula E enfrenta os desafios do primeiro E-Prix de Puebla

Equipe Mercedes-EQ segue líder no campeonato de construtores A equipe Mercedes-EQ de Fórmu…