Os veículos usados aumentaram a sua participação no total de financiamentos em agosto, representando 53% das operações. No período, das 513.948 unidades comercializadas por meio de crédito, 270.182 foram de veículos usados. O número leva em consideração os automóveis leves, motos, pesados e outros. O levantamento é da Cetip, que opera o Sistema Nacional de Gravames (SNG), base integrada de informações que reúne o cadastro das restrições financeiras de veículos dados como garantia em operações de crédito em todo o Brasil. O SNG impede que o processo de financiamento de veículos seja suscetível a fraudes sistêmicas.
 
Na comparação com agosto de 2013, os veículos usados avançaram cinco pontos percentuais e já representam mais da metade dos financiamentos realizados em todo o Brasil. Considerando as categorias de veículos, o levantamento destaca que os automóveis leves são mais financiados do que os outros segmentos, como motos e pesados. Em agosto, 78,4% dos financiamentos foram de autos leves, enquanto 16,2% foram de motos e 5,4% de pesados. 
 
Analisando os financiamentos de veículos por região, o levantamento da Cetip aponta que o Sudeste se manteve com a maior participação nas vendas financiadas, com 45%, seguida do Sul (21%), Nordeste (18%), Centro-Oeste (10%) e Norte (6%). Apesar disso, cada região possui uma particularidade. Enquanto o Sudeste financia mais automóveis leves (48%) e pesados (42%), o Nordeste financia mais motos (34%).
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

 

 
Os veículos usados aumentaram a sua participação no total de financiamentos em agosto, representando 53% das operações. No período, das 513.948 unidades comercializadas por meio de crédito, 270.182 foram de veículos usados. O número leva em consideração os automóveis leves, motos, pesados e outros. O levantamento é da Cetip, que opera o Sistema Nacional de Gravames (SNG), base integrada de informações que reúne o cadastro das restrições financeiras de veículos dados como garantia em operações de crédito em todo o Brasil. O SNG impede que o processo de financiamento de veículos seja suscetível a fraudes sistêmicas.
 
Na comparação com agosto de 2013, os veículos usados avançaram cinco pontos percentuais e já representam mais da metade dos financiamentos realizados em todo o Brasil. Considerando as categorias de veículos, o levantamento destaca que os automóveis leves são mais financiados do que os outros segmentos, como motos e pesados. Em agosto, 78,4% dos financiamentos foram de autos leves, enquanto 16,2% foram de motos e 5,4% de pesados. 
 
Analisando os financiamentos de veículos por região, o levantamento da Cetip aponta que o Sudeste se manteve com a maior participação nas vendas financiadas, com 45%, seguida do Sul (21%), Nordeste (18%), Centro-Oeste (10%) e Norte (6%). Apesar disso, cada região possui uma particularidade. Enquanto o Sudeste financia mais automóveis leves (48%) e pesados (42%), o Nordeste financia mais motos (34%).
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

IMSA: Derani vai em busca de mais um pódio neste domingo em Mid-Ohio

Brasileiro destaca características difíceis do traçado, mas segue confiante e embalado, ap…