O feriado de carnaval é um dos mais importantes do ano, mas muitas vezes a imprudência nas estradas acaba com a alegria de muitos foliões. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, em 2016, somente nos quatro dias que marcaram a festa, foram registrados mais de 1700 acidentes nas estradas brasileiras, com um saldo de 1.643 feridos e 106 mortos.
Para aproveitar o recesso com tranquilidade e não fazer parte destas estatísticas, a BR Insurance, maior corretora brasileira multiprodutos, dá algumas dicas para a prevenção de acidentes nas estradas.
 
1ª – Consumo de Álcool
Dirigir sob efeito de álcool, além de proibido, coloca em risco a vida de todos que trafegam na estrada. Por isso, se beber não dirija!

2ª – Uso de celular  
Usar celular para falar ou enviar mensagens enquanto dirige é extremamente perigoso e dobra o risco de acidentes. Para evitar problemas graves, o condutor deve manter sempre o foco na estrada e não dispersar a atenção com dispositivos móveis.
3ª – Manutenção do veículo
Realizar revisões periódicas no veículo, principalmente antes de viajar, garante uma viagem mais tranquila e segura. É sempre importante verificar itens como pneus, estepes, sistema de injeção, freios, suspensão, alinhamento, condições da bateria, níveis dos fluidos, faróis e lanternas.

4ª – Velocidade
Respeitar os limites de velocidade da via é essencial para uma viagem segura. Em uma situação de colisão, a “alta velocidade” aumenta a gravidade do acidente. 
5ª – Em situações de chuva
Em caso de chuvas, mantenha distância do veículo que está à frente. Na medida em que a visibilidade na estrada diminui, é importante reduzir a velocidade.
6ª – Ultrapassagem
Nunca ultrapasse pela direita! A possibilidade de se envolver em um acidente é maior. Além disso, utilizar a sinalização antes de uma ultrapassagem é essencial para a segurança.
7ª – Uso do Cinto de segurança
Usar o cinto de segurança reduz os riscos de fatalidades em acidentes de trânsito. O uso é imprescindível e o dispositivo deve ser utilizado por todos os ocupantes, inclusive pelos passageiros do banco traseiro.
8ª – Cadeirinhas
Crianças até sete anos só podem viajar com assentos próprios para elas, ou seja, com cadeirinhas infantis. Este dispositivo garante segurança e evita que a criança seja arremessada para frente em caso de impactos.
9ª – Trafegar no acostamento
Trafegar no acostamento é contra a lei e pode ocasionar acidentes. Para uma viagem segura, só use o acostamento em situações de emergência e de extrema necessidade.
 
10ª – Transporte de bagagens e de animais
Em um acidente, qualquer objeto solto dentro do carro pode ser arremessado no interior do veículo, ferindo gravemente os seus ocupantes. Por isso, objetos e bagagens sempre devem ser transportados no porta-malas. É muito mais seguro!
 
Em relação aos animais de estimação, estes devem ser transportados em caixas ou nas cadeiras apropriadas, com cinto de segurança.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Stellantis reúne crianças e adolescentes com mensagem sobre equidade de gênero

Associada ao Movimento Mulher 360, companhia reitera o compromisso de fortalecer políticas…