A média diária de vendas de motocicletas teve queda de 5,4% na primeira quinzena de setembro em relação ao mesmo período de 2013, passando de 5.732 para 5.420 unidades. Em comparação com a média diária dos 15 primeiros dias de agosto (5.300 unidades), houve alta de 2,3%, conforme levantamento divulgado pela ABRACICLO, Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares, com base nos licenciamentos registrados pelo Renavam (Denatran).
 
A quinzena inicial de setembro contou com 11 dias úteis de comercialização e totalizou 59.616 motocicletas, volume 4% superior ao registrado no mesmo período de 2013 (57.319 unidades), que teve 10 dias de vendas. Em relação à primeira quinzena de agosto (58.301 unidades), houve crescimento de 2,3% nos negócios.
 
\"\" 
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

 

 
A média diária de vendas de motocicletas teve queda de 5,4% na primeira quinzena de setembro em relação ao mesmo período de 2013, passando de 5.732 para 5.420 unidades. Em comparação com a média diária dos 15 primeiros dias de agosto (5.300 unidades), houve alta de 2,3%, conforme levantamento divulgado pela ABRACICLO, Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares, com base nos licenciamentos registrados pelo Renavam (Denatran).
 
A quinzena inicial de setembro contou com 11 dias úteis de comercialização e totalizou 59.616 motocicletas, volume 4% superior ao registrado no mesmo período de 2013 (57.319 unidades), que teve 10 dias de vendas. Em relação à primeira quinzena de agosto (58.301 unidades), houve crescimento de 2,3% nos negócios.
 
\"\" 
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Renault lança grupo de afinidade Access@Renault, voltado à inclusão de pessoas com deficiência

Lançamento do grupo de afinidade reforça a compromisso da montadora com a diversidade e in…