Home Notícias Vendas da aliança Renault-Nissan aumentam pelo 5º ano consecutivo

Vendas da aliança Renault-Nissan aumentam pelo 5º ano consecutivo

Comentários desativados em Vendas da aliança Renault-Nissan aumentam pelo 5º ano consecutivo
A Aliança Renault-Nissan vendeu um recorde de 8,470.610 veículos em 2014, graças ao aumento das vendas nos Estados Unidos e Europa Ocidental.
As vendas aumentaram pelo quinto ano consecutivo, subindo 2,5% em comparação com o ano anterior. Juntas, Renault, Nissan e AVTOVAZ – a maior montadora da Rússia –, totalizam um a cada 10 carros vendidos em todo o mundo.
“A forte demanda nos Estados Unidos, a recuperação da Europa Ocidental e uma série de novos modelos atraentes contribuíram para mais um ano de aumento das vendas da Aliança em 2014,” afirmou Carlos Ghosn, Presidente e CEO da Aliança. “Continuamos bem posicionados e otimistas a respeito das perspectivas de longo prazo nos mercados mundiais em crescimento, apesar das recentes desacelerações na Rússia e no Brasil”.
Destaques de mercado da Renault-Nissan
Os 10 maiores mercados da Aliança em 2014 foram os Estados Unidos, China, Rússia, Japão, França, México, Brasil, Reino Unido, Alemanha e Itália.
Na China, maior mercado de automóveis do mundo, a Nissan, através de seu parceiro local Dongfeng Motor, vendeu 1.221.598 veículos, um aumento de 0,5%. A Nissan é a maior montadora japonesa na China, com 5,5% de participação de mercado. Em 2016, a Renault começará a produzir veículos na China, com o parceiro de longa data da Nissan, a Dongfeng Motor. A nova fábrica da joint venturelocalizada na cidade de Wuhan terá uma capacidade inicial de produção de 150.000 veículos ao ano, com potencial para dobrar este volume no futuro.
Nos Estados Unidos, a Nissan vendeu um recorde de 1.386.895 veículos, em alta de 11,1%, o que resultou no recorde de participação de mercado de 8,4%. A Nissan também atingiu um recorde anual de vendas para seus modelos Altima, Rogue, Versa, Juke, NV200 e o Nissan LEAF, seu modelo 100% elétrico.
Apesar da desaceleração econômica na Rússia, a Aliança apresentou uma participação de mercado de 30,7%, um ganho de 1.1 pp. A AVTOVAZ vendeu 387.307 veículos na Rússia, uma queda de 15%. A participação de mercado da AVTOVAZ ficou em 15,5%, uma queda de 0.9 pp. A Renault vendeu 194.531 veículos, um recuo de 7,4%, mas sua participação de mercado aumentou e atingiu um recorde de 7,9%, um ganho de 0.3 pp, graças ao sucesso do Duster SUV e um lançamento bem-sucedido de 3 novos modelos: Novo Logan, Novo Sandero e Sandero Stepway. A Nissan vendeu 182.412 veículos, o que representou um ganho de 17.7%. A Nissan ficou com uma participação de mercado de 7,3%, que subiu 1.8 pp.
No Japão, a Nissan vendeu 670.263 veículos, um recuo de 1,3%. A participação de mercado da ficou em 12%.
Na França, a Renault vendeu 577.601 veículos, uma alta de 5,5%. Sua participação de mercado atingiu 26,6%, um ganho de 1,3 pp. O Clio foi o veículo mais vendido do mercado, enquanto que o Captur foi o crossover mais vendido.
No México, a Nissan apresentou um recorde de vendas de 293.204 veículos, uma alta de 10,9%, ultrapassando o mercado total. A Nissan é a marca número um no México, com uma participação de mercado de 25,8%.
No Brasil, a Renault vendeu 237.187 veículos, em alta de 0,3%. A participação de mercado da Renault atingiu o recorde de 7,1%.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

BMW i4 e iX são antecipados para Europa e confirmados para o mercado brasileiro

Modelos foram construídos sobre novas plataformas elétricas. O BMW i4 M50 é o primeiro car…