Pelo terceiro ano consecutivo, a marca Jeep encerrou 2018 na liderança do mercado brasileiro de SUVs; A Fiat manteve a liderança em picapes por mais um ano.

As vendas da Fiat Chrysler Automobiles (FCA) cresceram acima da taxa de expansão da indústria em 2018. Ao contabilizar a venda de 38,2 mil veículos no mês de dezembro, a FCA encerra o ano de 2018 com um total de 433,8 mil veículos emplacados e uma participação de 17,5% no mercado brasileiro de automóveis e comerciais leves. Em relação a 2017, as vendas da FCA cresceram 14%, superando a taxa de expansão do mercado brasileiro de veículos leves, de 13,8% no ano. As vendas superaram em 53 mil veículos os resultados de 2017.

As duas principais marcas da FCA registraram desempenho comercial positivo. A Fiat aumentou seu volume de vendas no ano em mais de 34 mil carros em relação a 2017, enquanto a Jeep alcançou a marca de 106.954 veículos emplacados, o que representa um crescimento de 21,3% em relação a 2017.

“Foi um ano importante, marcado pela gradual recuperação do mercado, no qual nossas marcas se posicionaram bem. As vendas da FCA cresceram acima da média do mercado e avançamos em nossa estratégia de reforçar nossos vínculos com os clientes”, afirmou o presidente da FCA para a América Latina, Antonio Filosa. “Estamos preparados para continuar a crescer em 2019 e nos próximos anos, enquanto aceleramos nossos investimentos na expansão e renovação de nossa gama de produtos”, acrescentou.

A FCA confirmou em 2018 sua liderança em segmentos estratégicos de mercado. A Jeep é a marca líder no segmento de SUVs pelo terceiro ano consecutivo, enquanto a Fiat lidera nos segmentos de picapes e veículos comerciais.

Jeep na liderança

Pelo terceiro ano consecutivo, a marca Jeep encerrou 2018 na liderança do mercado brasileiro de SUVs. As vendas da marca somaram 106.954 veículos, o que representa um crescimento de 21,3% em relação a 2017, muito superior à taxa de expansão do mercado brasileiro de automóveis e comerciais leves, de 13,8%. Este foi o quarto ano consecutivo de forte crescimento da marca no mercado nacional.

Os dois modelos Jeep fabricados no Brasil – Renegade e Compass – tiveram desempenho destacado. O Jeep Compass foi o SUV mais vendido no Brasil no ano, com 60.284 unidades. Este foi o segundo ano consecutivo do modelo na liderança do segmento, desta vez com uma vantagem de mais de 11 mil carros à frente do segundo colocado. Em relação a 2017, as vendas do Compass cresceram 22,6%. Tal desempenho posicionou o modelo entre os dez veículos mais vendidos no ano no Brasil, considerando todas as categorias e segmentos.

O Jeep Renegade, renovado em 2018, registrou excelente desempenho de vendas em dezembro de 2018, sendo o SUV mais emplacado no país no mês. Com este resultado, suas vendas acumularam expansão de 20,9% no ano em relação a 2017.

“Esses resultados mostram que estamos no caminho certo, destacando-nos em um mercado cada vez mais exigente e disputado”, afirmou Tania Silvestri, diretora comercial da Jeep Brasil e do brand Jeep América Latina. “Nosso desafio em 2019 é fazer mais e melhor, sempre com foco no foco do cliente, para manter a liderança e ganhar maior participação de mercado”, destaca Tania.

Fiat na liderança de picapes e comerciais leves

A Fiat manteve a liderança em picapes por mais um ano, com cerca de 126 mil veículos emplacados e 39% de participação de mercado no segmento. O crescimento da marca entre as picapes foi de 19% em relação a 2017. Fiat Strada manteve a liderança em sua categoria, com mais de 67 mil carros emplacados no ano e um crescimento de 23% frente a 2017. As vendas da picape Fiat Toro ultrapassaram 58 mil carros emplacados no ano, crescendo 15% em relação ao ano anterior.

A marca também manteve a liderança no segmento de vans com 39% de participação. Foram emplacadas mais de 16 mil unidades no ano, com crescimento de 25% em relação a 2017. O Fiat Ducato, renovado em 2018, se posicionou como um dos principais players do mercado, com cerca de 3 mil unidades vendidas no ano. O modelo já alcançou 18% de market share em seu segmento. O modelo Fiat Fiorino atingiu a marca de 84% de participação em sua categoria, com mais de 13 mil veículos emplacados e crescimento de 24% frente a 2017.

Outros modelos da marca que se destacaram foram os Fiat Cronos e Argo. Lançado em 2018, o Cronos alcançou o patamar de 30 mil carros vendidos, posicionando-se bem no segmento de sedãs, um dos mais concorridos do mercado. O Fiat Argo superou a marca de 63 mil carros no ano, o que representa um crescimento de vendas de 126% em comparação com 2017, conquistando seu espaço entre os dez modelos mais vendidos no mercado brasileiro no ano.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias

Veja também

Kia mira a era de condução pós-autônoma na CES 2019

Sistema R.E.A.D. é o primeiro controle tecnológico do setor automotivo voltado para os sen…