Registro de crescimento é comparado a setembro de 2017.

Com licenciamento de 945 veículos em setembro último, a Kia Motors do Brasil registrou crescimento de 44,9% nas vendas ante igual período do ano passado, quando foram comercializadas 652 unidades da marca. No comparativo com agosto último, a Kia anotou queda de 11,2%, enquanto o mercado interno registrou retração de 14,4%. Mas explica-se pelo fato de que em setembro deste ano foram 19 dias úteis contra 23 de agosto. Além disso, na avaliação de José Luiz Gandini, presidente da Kia Motors, “efeito eleições e alta do dólar também influenciaram as vendas de setembro”.

No acumulado dos nove primeiros meses do ano, a Kia anotou 8.908 veículos licenciados. O número garante à marca crescimento de 43,3% no comparativo com o mesmo período do ano passado e market share de 0,50%, além da liderança entre as associadas à Abeifa – Associação Brasileira das Empresas Importadoras e Fabricantes de Veículos Automotores.

Veículos – O SUV médio Sportage foi o líder de vendas da Kia em setembro, com 400 unidades emplacadas. Na sequência aparecem o comercial leve Bongo e o sedã médio Cerato, com 350 e 110 unidades comercializadas, respectivamente.

“A venda de 350 unidades do caminhão leve Bongo foi uma grata surpresa em setembro. O Bongo obteve um crescimento de 34,62% em relação ao mês anterior”, explica José Luiz Gandini, para quem a importadora projeta fechar o ano com 14 mil unidades licenciadas.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Di Grassi inicia no sábado (16) campanha pelo bicampeonato

Em temporada de muitos recordes e vitórias, Lucas pode ampliar marca extraordinária na Fór…