Em pleno Maio Amarelo, os números estão sendo vistos com preocupação pela direção geral do HUT

Um levantamento divulgado, nesta segunda-feira (11), pelo Hospital de Urgência de Teresina (HUT) aponta que a unidade de saúde registrou o maior número de atendimentos a vítimas de acidentes de trânsito desde a implantação do decreto municipal que estabelece medidas restritivas. A variação de 15% está relacionada ao descumprimento do distanciamento social, que atingiu seu menor índice na última quarta-feira (6).

Segundo o setor de estatística do hospital, entre os dias 27 de abril a 3 de maio deste ano, foram registrados 141 atendimentos a pessoas que sofreram acidentes de trânsito no HUT. Para se ter uma ideia dessa elevação, entre os dias 4 e 10 de maio, o número de acidentados foi de 162 vítimas, sendo 153 delas envolvidas com motocicletas.

Em pleno Maio Amarelo, os números estão sendo vistos com preocupação pela direção geral do HUT. “Estamos em um mês que pede uma maior conscientização das pessoas sobre segurança no trânsito. Vivemos em um momento de pandemia que é importante ter leitos para atender pacientes com covid-19 e, por isso, é tão importante manter a população em casa para evitar o aumento de acidentes”, avalia o diretor geral do HUT, Rodrigo Martins.

De acordo com o sistema de georreferenciamento da startup InLoco, que atua em parceria com a Prefeitura de Teresina e monitora a localização de smartphones na cidade, Teresina apresentou na semana passada, o pior índice de isolamento até agora, com apenas 39%, bem abaixo do mínimo estimado pelas autoridades de saúde para diminuir o contágio.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

FCA premia fornecedores em 20 categorias e prevê que mercado vai acelerar recuperação

Cenário é de crescente necessidade de localização de produção de componentes e subcomponen…