Com tempo de 7m57,148s, carro de corrida elétrico da Volkswagen estabelece novo recorde geral em Pikes Peak.

A Volkswagen e o I.D. R Pikes Peak fizeram história na Subida de Montanha Internacional de Pikes Peak, no Colorado (EUA), domingo 24 de junho. Pilotando o I.D. R Pikes Peak de 500 kW (680 cv), o francês Romain Dumas derrotou uma competição que incluia carros com tecnologia de propulsão convencional. Dessa maneira, ele não apenas quebrou os recordes anteriores para veículos elétricos, mas também superou o recorde anterior de todos os tempos, estabelecido pelo também francês Sébastien Loeb em 2013, por nada menos que 16 segundos. O tempo recorde de Dumas, 7m57s148, está agora no topo da lista dos campeões de Pikes Peak, que inclui pilotos consagrados como Loeb, Walter Röhrl (Alemanha), Michèle Mouton (França), Stig Blomqvist (Suécia) e Nobuhiro Tajima (Japão), entre outros.

“O I.D. R Pikes Peak é o antecessor esportivo da família I.D. da Volkswagen. Vimos hoje o que essa nova tecnologia é capaz”, disse o membro do Board da Volkswagen responsável por Desenvolvimento, Dr. Frank Welsch. “Todos os funcionários da Volkswagen devem estar extremamente orgulhosos do resultado de hoje. Dou parabéns à equipe do fundo do meu coração. Com uma combinação de uma destacada habilidade em engenharia, paixão e empenho, o time conseguiu criar um fantástico carro de corridas em apenas oito meses. O Volkswagen I.D. R Pikes Peak acaba de estabelecer o tempo mais rápido da história desta subida de montanha, que tem uma tradição de mais de 100 anos. Isso significa muito para a mobilidade elétrica.”

19,99 quilômetros, 156 curvas, uma única tentativa – com muito sucesso: Romain Dumas garantiu sua quarta vitória geral na icônica Pikes Peak International Hill Climb, que foi realizada 96 vezes desde 1916. Com o I.D. R Pikes Peak, a Volkswagen criou um extraordinário carro de corrida, especificamente projetado para as exigências da mais famosa de todas as subidas de montanha: uma combinação de peso mínimo, tanta força aerodinâmica quanto possível e máxima potência, visando obter o melhor desempenho possível. Incluindo suas células de bateria, o I.D. R Pikes Peak pesa menos de 1.100 kg. Na avaliação de seu desempenho a Volkswagen utilizou softwares de simulação para calcular exatamente como alcançar o nível ótimo de demanda energética e performance para a tentativa de recorde em Pikes Peak. Em matéria de aerodinâmica, o ponto chave foi a compensação da perda de força vertical provocada pelo ar rarefeito de Pikes Peak. O resultado desse esforço pode ser visto de longe: o chassi plano, com linhas fluidas e uma enorme asa traseira.

A Volkswagen também se destacou numa nova direção em relação à tecnologia de carga das baterias. O objetivo foi carregar o carro o mais rapidamente possível com o mínimo de impacto ambiental. O tempo foi definido pelas regras da prova: caso a corrida fosse suspensa, seria preciso carregar o carro totalmente em menos de 20 minutos. A eletricidade necessária foi fornecida por geradores, no pé de Pikes Peak. Glicerol, um tipo de álcool derivado do açúcar, foi escolhido como combustível. Subproduto da fabricação do biodiesel, o glicerol queima virtualmente sem emitir fumaça ou resíduos prejudiciais. O glicerol não é tóxico e pode até mesmo ser usado como aditivo pelas indústrias de alimentos e cosméticos.

Apenas 250 dias se passaram entre o anúncio e começo do projeto Pikes Peak, em 18 de outubro de 2017, e a quebra de recorde na pista, em 24 de junho de 2018. O tempo disponível foi extremamente curto para o desenvolvimento de um protótipo puro-sangue, que incluiu uma inovadora tecnologia de propulsão totalmente elétrica, exigências específicas para as baterias, aerodinâmica e chassi. Esse esforço e o trabalho incansável dos mecânicos, engenheiros e muitos outros empregados da Volkswagen em Wolfsburg, na sede da área de automobilismo em Hannover e, finalmente, durante as semanas de preparação em Colorado Springs, foi recompensado pelo novo recorde de Pikes Peak.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Você sabe qual a melhor maneira de transportar seu cachorro em viagens?

*Por René Rodrigues Júnior Dezembro é o mês das festas, das confraternizações, do verão e …