Projeto com EDP, Audi e Porsche é um passo importante para infraestrutura da eletrificação

A Volkswagen, juntamente com Audi e Porsche, empresas que fazem parte do Grupo Volkswagen, firmaram hoje (22/10) uma parceria estratégica com a EDP, empresa que atua em toda a cadeia de valor do setor elétrico, destinada à instalação de 30 novas estações de recarga de veículos elétricos no estado de São Paulo. O projeto vai conectar um total de 64 pontos de carregamento que interligam os estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná e Espírito Santo e Santa Catarina, formando um corredor de abastecimento de automóveis híbridos e elétricos com mais de 2.500 quilômetros de extensão.

“A marca Volkswagen é líder em eletrificação em âmbito mundial. Na Região América Latina vamos lançar seis carros elétricos e híbridos até 2023. O primeiro deles é o Golf GTE, híbrido plug-in que chega ao mercado brasileiro em novembro. Sabemos que o principal desafio hoje é o ecossistema completo para a eletrificação. O sucesso desta estratégia depende de uma ampla infraestrutura de carregamento para oferecer um serviço de qualidade para o consumidor. É necessária uma visão 360º, com o envolvimento de todas as partes interessadas, como Governo, iniciativa privada, sociedade e entidades para que tenhamos políticas estratégicas e regulamentadas para fomentar investimentos na eletrificação no Brasil”, explica Pablo Di Si, Presidente e CEO da Volkswagen América Latina.

“A parceria que estamos anunciando hoje é pioneira e destaca-se como um marco na eletrificação do nosso País, sendo um passo importante na construção de uma estrutura abrangente de estações de carregamento de veículos híbridos e elétricos no Brasil. Tenho a convicção de que este projeto contribuirá bastante para elevar a confiança do consumidor na compra de um automóvel híbrido ou elétrico nos próximos anos.”

A marca Volkswagen está investindo 9 bilhões de euros, entre 2018 e 2023, em mobilidade elétrica. O investimento inclui o desenvolvimento da família ID., produzida a partir da plataforma MEB (Arquitetura Modular de Propulsão Elétrica), criada especialmente para fabricar veículos 100% elétricos. O primeiro integrante da família, o novo ID.3, foi apresentado em setembro no Salão Internacional de Frankfurt, na Alemanha, e chega ao mercado europeu em 2020, com expectativa inicial de vendas de 150 mil unidades. Em 2025, a meta da marca Volkswagen é atingir comercializar 1 milhão de carros elétricos por ano em 2025.


Rede de eletropostos de recarga ultrarrápida

Aprovado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para o tema Mobilidade Elétrica Eficiente, o empreendimento, que terá investimento de R$ 32,9 milhões, é o primeiro e maior projeto de instalação de carregadores ultrarrápidos (150kw e 350kw) da América do Sul. A implementação da rede será iniciada ainda em 2019 e as primeiras inaugurações estão programadas para 2020, com a conclusão da implementação da rede em três anos.

Volkswagen, Audi e Porsche realizam os testes com os seus veículos para homologação da infraestrutura de recarga. As empresas Electric Mobility, ABB e Siemens serão as fornecedoras de soluções de recarga.

Os novos eletropostos colocarão a EDP na liderança em postos de carregamento ultrarrápido no Brasil – capazes de reabastecer 80% da bateria de um carro entre 25 e 30 minutos. Serão 29 postos de 150kW e um posto de 350 kW, e mais 30 equipamentos de 22kW (AC). Assim, cada ponto de recarga terá uma estação ultrarrápida e uma semirrápida.

As novas estações de recarga estarão posicionadas a uma distância máxima de 150 quilômetros, garantindo total autonomia aos motoristas de veículos elétricos. Elas serão instaladas nas rodovias Tamoios, Imigrantes, Carvalho Pinto, Governador Mário Covas, Dom Pedro, Washington Luís e Régis Bittencourt.

“A EDP acredita que a oferta de infraestrutura adequada e de soluções inovadoras é fundamental para a expansão sustentável da mobilidade elétrica no Brasil. Com a criação desta nova rede de eletropostos cobrindo todo o estado de São Paulo e conectando os principais corredores elétricos do País, a EDP se posiciona mais uma vez de forma pioneira para liderar a transição para uma economia de baixo carbono”, afirma Miguel Setas, presidente da EDP no Brasil.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Chevrolet cria movimento pela positividade

Com mote “Vai passar”, a ação digital tem o intuito de inspirar tempos melhores com ilustr…