A Volkswagen do Brasil acaba de renovar o apoio financeiro ao Hospital Pequeno Príncipe, de Curitiba (PR), que é o maior complexo exclusivamente pediátrico do País e referência nacional no atendimento de pacientes de zero a 18 anos, com foco em casos complexos e em 32 especialidades médicas, entre as quais oncologia pediátrica, cardiologia (inclusive cirurgias em bebês), ortopedia e transplantes. A Volkswagen do Brasil – que tem uma de suas quatro fábricas na cidade vizinha de São José dos Pinhais (PR) – mantém esse patrocínio desde 2009.
Além do hospital, o complexo de saúde conta com o Instituto de Pesquisa Pelé Pequeno Príncipe, cujos trabalhos científicos também são beneficiados pelo apoio da Volkswagen do Brasil, e as Faculdades Pequeno Príncipe, unidade educacional da instituição. Dessa forma, o Complexo Pequeno Príncipe oferece um trabalho completo na promoção da saúde e formação de profissionais.
 
 
“A Volkswagen do Brasil tem entre suas metas ser cada vez mais socialmente responsável, com fortes valores e impacto positivo para a sociedade. E o apoio ao Hospital Pequeno Príncipe é um exemplo do compromisso da empresa com a responsabilidade social, contribuindo com a saúde de crianças e adolescentes que representam o futuro do nosso País”, afirma o diretor de Assuntos Corporativos e Relações com a Imprensa da Volkswagen do Brasil, André Senador. O apoio ao Hospital Pequeno Príncipe faz parte de um pacote maior de patrocínios da Volkswagen do Brasil, que envolve diversos projetos no País. Entre eles estão iniciativas nas áreas cultural, esportiva, educacional, de entretenimento, desenvolvimento social, preservação ecológica e outros projetos de saúde.
“A Volkswagen do Brasil é uma das principais parceiras do Hospital Pequeno Príncipe. Esse apoio, que já existe há sete anos, tem ajudado a salvar muitas vidas e renovado a esperança de famílias vindas das mais diversas localidades do País em busca de tratamento. Somos muito gratos à Volkswagen do Brasil por apoiar e confiar em nosso trabalho de atendimento hospitalar e de pesquisa científica avançada na área médica”, afirmou a diretora executiva do Hospital Pequeno Príncipe, Ety Cristina Forte Carneiro.
Com 97 anos de atuação, o Hospital Pequeno Príncipe realiza, por ano, cerca de 311 mil atendimentos ambulatoriais, mais de 23 mil internações e 20 mil cirurgias, destinando 70% de sua capacidade para o Sistema Único de Saúde (SUS). A instituição também foi uma das pioneiras a implementar o conceito de atendimento humanizado, oferecendo também aos pacientes e familiares acompanhamento educacional, psicológico e atividades culturais. Mais informações, no site (http://pequenoprincipe.org.br/hospital/).
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Pick-up Peugeot Landtrek é apresentada na América Latina

No Brasil, a comercialização ocorrerá em uma segunda etapa, seguindo a estratégia estabele…