Home Dicas e Serviços Baixas temperaturas pedem atenção com a pintura do carro

Baixas temperaturas pedem atenção com a pintura do carro

Comentários desativados em Baixas temperaturas pedem atenção com a pintura do carro

Saiba como preservar o brilho das peças e proteger o veículo de sereno ou geada

As baixas temperaturas chegaram com tudo e, para os apaixonados por carro que querem manter o brilho da pintura do veículo, isso significa uma coisa: atenção especial para com a lataria do automóvel.

Especialmente nas regiões que apresentam fenômenos como geadas, ou até mesmo neve, a carroceria do veículo sofre mais do que as peças internas, podendo a pintura perder o brilho e a resistência. Para evitar danos, o gerente técnico da divisão de repintura da PPG, Ricardo Vettorazzi, dá dicas de como cuidar da pintura no período frio. Confira a seguir.

– Na hora de lavar o carro, use apenas produtos apropriados para a limpeza dos automóveis. Escolha um sabão com pH neutro.

– Não utilize gasolina, álcool nem outros solventes na superfície pintada. No caso de uma eventual queda de sabão ou qualquer outro material, como fezes de aves, sobre a lataria, é importante lavar imediatamente a área afetada. Também é fundamental secar o carro para evitar o acúmulo de novas sujeiras e manchas na pintura.

– Se o veículo foi recém-pintado, outro cuidado relevante diz respeito à utilização de métodos como a lavagem em máquinas de lava a jato automáticas. É recomendável recorrer ao método somente 30 dias após o serviço. A mesma lógica vale para a aplicação de cera, mas, nesse caso, deve-se esperar 90 dias.

– Evite polimentos em excesso. Isso porque, embora haja uma variedade de tonalidades, muitas vezes é utilizado o mesmo tipo de verniz como camada de proteção final na pintura original — o que nem sempre assegura sua durabilidade, se não forem tomados os cuidados de preservação. Uma boa maneira de preservar a pintura ou a repintura é não exagerar no polimento. A frequência do processo, ao contrário do que se possa imaginar, não ajuda a conservação.

– Mantenha o veículo protegido do sereno e da geada. Com a chegada das frentes frias e baixas temperaturas, é comum a presença do sereno (também conhecido como orvalho ou rocio), um fenômeno físico que acontece quando o ar úmido entra em contato com uma superfície mais fria e cria uma fina camada líquida sobre os veículos. Nas regiões Sul, Sudeste e parte da Centro-Oeste do país, ainda é possível ocorrer geada, uma camada de cristais de gelo sobre as superfícies.

Nesses casos, é importante manter o veículo protegido em um local coberto e/ou com uma capa automotiva. No entanto é de extrema importância que o material seja adequado para esse uso e que o veículo esteja limpo — cobrir um carro com muita poeira pode causar riscos e cobri-lo quando está úmido pode causar manchas.

– Procure um especialista na hora de fazer reparos. Caso precise realizar alguma correção na pintura do veículo, procure um profissional que conheça as diferentes tecnologias disponíveis — como os produtos base água e os de alto sólidos, que possuem maior durabilidade em comparação aos convencionais do mercado.

Em muitos casos, o reparo pode ser feito por um processo de embelezamento; outras vezes, é necessário remover a tinta e realizar a repintura desde a chapa do carro. Um profissional qualificado será capaz de fazer uma avaliação e indicar o reparo adequado.

Artigos Relacionados
Leia mais em Dicas e Serviços
Comentários estão fechados

Veja também

Publicidade