Home Dicas e Serviços Cinco dicas essenciais para cuidar do carro no frio

Cinco dicas essenciais para cuidar do carro no frio

0

Especialista lista alguns pontos que o motorista deve ficar atento para evitar danos e perda na performance do veículo
O inverno ainda nem começou, mas os termômetros baixaram e usar o carro no frio pode ser um desafio. Poucas pessoas sabem que é preciso tomar alguns cuidados específicos com o veículo para evitar alguns contratempos comuns nessa época do ano, como a dificuldade na hora da partida e falhas do motor. “As temperaturas mais baixas afetam diretamente vários sistemas do veículo, como a bateria, o líquido de arrefecimento e, até mesmo, os pneus”, comenta Rodrigo Giraldi, gerente de operações da Kovi, startup que está revolucionando o acesso ao carro na América Latina.

Para ajudar a manter o carro em boas condições neste período, o especialista separou dicas essenciais. Confira:

1. Evite falhas na partida

Uma das situações mais comuns enfrentadas pelos motoristas é tentar dar partida no carro pela manhã e o motor falhar. Apesar de chata, essa ocorrência é frequente, principalmente se o veículo estiver rodando com etanol.
Manter o reservatório de partida a frio sempre abastecido com gasolina aditivada é fundamental nos veículos flex. Ele é responsável por injetar a gasolina no motor, facilitar a combustão e, consequentemente, a partida nos dias com temperaturas abaixo dos 16ºC.
É essencial reforçar também que, nos veículos modernos, não é necessário esquentar o motor antes de sair de casa, como acontecia nos carros antigos. Os sistemas recentes de injeção assumem a função de regular a temperatura do motor durante o trajeto.

2. Bom uso da bateria

Durante o inverno, a bateria do carro tem uma sobrecarga. Por isso, é recomendado que se evite deixar luzes, som e outros equipamentos funcionando quando o motor do veículo estiver desligado.

As chances da bateria arriar são maiores no frio, já que a temperatura mais baixa interfere nas reações químicas que acontecem no interior do componente.
Outra dica importante é realizar periodicamente o teste de desempenho da bateria do veículo, para que se identifique a necessidade de troca da peça e evitar surpresas desagradáveis.

3. Atenção aos pneus

Outra coisa que pode fugir do conhecimento de muitos, é que a condição dos pneus também muda com as baixas temperaturas. A pressão dos pneus é afetada pelo frio e, por isso, é importante ficar atento à calibragem, inclusive do estepe.

Para quem mora em regiões mais frias do país, como Rio Grande do Sul e Santa Catarina, onde as estradas chegam a ficar com finas camadas de gelo, é crucial ficar atento à estrutura dos componentes e evitar rodar com pneus desgastados.

4. Realizar a troca de óleo e filtros

Para usar o carro no frio sem contratempos, é indispensável fazer a troca de óleo e dos filtros de óleo no prazo correto. Siga as recomendações do fabricante, use produtos de qualidade e mantenha o motor do carro limpo.

“Aqui na Kovi, oferecemos manutenção preventiva sem custo ao motorista. A revisão é obrigatória e acontece aproximadamente a cada 10.000 km para evitar imprevistos desagradáveis e manter o veículo rodando em boas condições, mas isso pode variar dependendo do modelo do carro, então recomendamos que o manual do veículo seja consultado”, acrescenta o especialista.

5. Manutenção em dia

A manutenção do carro deve ser uma prioridade do motorista. Só assim é possível garantir bom desempenho e, acima de tudo, segurança durante os deslocamentos. Levar o veículo a uma oficina de confiança é necessário para garantir a manutenção preventiva.

Com revisões regulares, troca de peças desgastadas e consertos pontuais, fica mais fácil usar o carro no frio e garantir bom desempenho ao veículo, até mesmo se a sua preferência é abastecer o automóvel com etanol no inverno.

Artigos Relacionados
Leia mais em Dicas e Serviços

Deixe um comentário

Veja também

Publicidade