Home Notícias Daimler Buses vai oferecer ônibus livres de emissões de CO2 para todos os segmentos até 2030

Daimler Buses vai oferecer ônibus livres de emissões de CO2 para todos os segmentos até 2030

0

Até 2030, a ideia é que todos os modelos de ônibus urbanos estejam à venda na Europa, livres de emissões de CO2

A Daimler Buses planeja oferecer veículos neutros em CO2, movidos a bateria e a hidrogênio, para todos os seus segmentos de atuação, até 2030, com foco inicial nos principais mercados da Europa e América Latina. A ideia é que até 2039, apenas veículos neutros em CO2 sejam vendidos para os principais mercados da Europa. Enquanto para o segmento de ônibus urbanos, a perspectiva é que essa meta seja alcançada, já em 2030, no continente europeu.

Além de ampliar o portfólio de veículos neutros em CO2, a Daimler Buses também está expandindo sua oferta de serviços a fim de viabilizar a construção de uma infraestrutura elétrica completa nas instalações dos clientes. O anúncio foi feito por Till Oberwörder, Chefe da Daimler Buses, em um evento realizado pelo Grupo na segunda-feira, dia 02/05, em sua unidade de Mannheim, na Alemanha. Também estiveram presentes Martin Daum, Presidente do Conselho de Administração da Daimler Truck, e Dr. Volker Wissing, Ministro Federal dos Transportes da Alemanha.

Rumo à eletrificação mundial do transporte de passageiros, e em alinhamento com a estratégia global da Daimler Truck, empresa matriz do Grupo, a Daimler Buses tem concentrado os seus esforços em tecnologias de bateria elétrica e à base de hidrogênio a fim de oferecer soluções personalizadas, com zero emissões, para as necessidades de seus clientes.

eCitaro da Mercedes-Benz com células de combustível e baterias de última geração

A partir de 2023, a Daimler Buses vai equipar os ônibus urbanos elétricos eCitaro da Mercedes-Benz com células de combustível à base de hidrogênio, que funcionarão como prolongadoras de autonomia nos veículos. Desde 2018, o modelo é produzido na versão totalmente elétrica a bateria e, agora, como eCitaro Range Extender, o ônibus de piso baixo e neutro em CO2 passa a contar com uma autonomia de até 400 quilômetros, sendo capaz de percorrer rotas mais exigentes e atender as necessidades das operadoras de transporte por veículos mais eficientes.

O eCitaro Range Extender da Mercedes-Benz, projetado para o segmento de ônibus urbanos, continua com o sistema de propulsão elétrica a bateria como sua principal fonte de energia. A célula de combustível à base de hidrogênio, utilizada na forma gasosa a uma pressão de 350 bar, chega para auxiliar na ampliação de autonomia. Portanto, o veículo se torna um ônibus híbrido, totalmente elétrico, e que combina essas duas fontes de energia.

Além dessa versão, a Daimler Buses também passará a oferecer, a partir do final de 2022, o ônibus eCitaro com as novas baterias de última geração e alto nível de desempenho. Elas podem aumentar a capacidade por célula de bateria em cerca de 50% e permitem que os ônibus atinjam autonomias de até 280 quilômetros. As novas baterias serão utilizadas no eCitaro em sua versão atual, eCitaro Range Extender, e também estarão disponíveis para o chassi de ônibus elétrico eO500U da Mercedes-Benz, apresentado ao Brasil e ao mercado latinoamericano em 2021, com previsão de lançamento para esse ano.

O eCitaro é um modelo de sucesso da Daimler Buses. Atualmente, mais de 600 ônibus eCitaro estão em operação diária na frota dos clientes europeus. Estima-se que no ano passado, um em cada dois ônibus urbanos totalmente elétricos vendidos na Alemanha eram veículos da Daimler Buses.

Chassi de ônibus elétrico eO500U da Mercedes-Benz chega para o Brasil e o mercado da América Latina

Seguindo o objetivo de impulsionar a eletrificação em todo o mundo, a Daimler Buses anuncia a produção do eO500U, primeiro chassi de ônibus puramente elétrico a bateria do Grupo, para a América Latina e Oceania. O veículo, que atende às necessidades de cada região, chegará ao mercado ainda este ano.

O chassi de ônibus elétrico eO500U da Mercedes-Benz possui uma autonomia de cerca de 250 quilômetros e será fabricado na planta de São Bernardo do Campo (SP). Até o momento, já existem 100 encomendas programadas do chassi para entrega entre o final de 2022 e o início de 2023, trazendo a solução da marca para a eletromobilidade no Brasil.

Com este roteiro claro e uma estratégia alinhada aos negócios sustentáveis da marca, a Daimler Buses contribui de maneira significativa para moldar, com responsabilidade, o futuro do transporte urbano. Ao desenvolver ônibus inovadores, soluções de mobilidade sustentável, o Grupo visa tornar os sistemas mais ecológicos, eficientes e melhorar ainda mais a qualidade de vida nas cidades. Assim, a Daimler Buses segue atuando de maneira incisiva na transição para o transporte do futuro.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias

Deixe um comentário

Veja também

Audi lança novo Q3 Sportback com maior porta-malas da categoria

Modelo será o primeiro da marca no país fabricado localmente com inédita tração quattro A …