Home Notícias Daimler Truck AG e Linde desenvolvem tecnologia de abastecimento de hidrogênio líquido para caminhões

Daimler Truck AG e Linde desenvolvem tecnologia de abastecimento de hidrogênio líquido para caminhões

Comentários desativados em Daimler Truck AG e Linde desenvolvem tecnologia de abastecimento de hidrogênio líquido para caminhões

Empresas assinaram contrato para desenvolver em parceria a próxima geração da tecnologia de abastecimento de hidrogênio líquido para caminhões com propulsão por células de combustível

A Daimler Truck AG e a Linde, empresa global de gases industriais e engenharia, assinaram um contrato para desenvolver em conjunto a próxima geração da tecnologia de abastecimento de hidrogênio líquido para caminhões com propulsão por células de combustível. Com essa parceria, elas visam tornar o processo de reabastecimento de hidrogênio tão fácil e prático quanto possível.

Juntas, as empresas vão se concentrar em um novo processo para lidar com hidrogênio líquido (hidrogênio líquido “sub-resfriado”, “tecnologia sLH2”). Essa abordagem inovadora permite que o abastecimento seja feito com maior densidade, maior autonomia, mais rápido e com maior eficiência energética. O novo processo vai usar níveis de pressão mais altos do que a do ambiente e controle de temperatura especial, evitando os chamados efeitos de fervura e “retorno do gás” (gás do tanque do veículo que retorna ao posto de abastecimento) durante o reabastecimento e não exigirá uma complexa comunicação de dados entre o posto de gasolina e o caminhão durante o reabastecimento. Em geral, a tecnologia permite conceitos mais simples de posto de abastecimento. A densidade melhorada para o armazenamento de energia é devida ao nível de pressão mais alto que o do ambiente, e aumenta a massa de hidrogênio no tanque.

As empresas planejam fazer o primeiro reabastecimento de um veículo protótipo em um posto piloto na Alemanha, em 2023. A Daimler Truck AG e a Linde estão planejando alto nível de transparência e abertura em torno das interfaces relevantes das tecnologias desenvolvidas em parceria. Ao permitir que o maior número de empresas possível venha a desenvolver suas próprias tecnologias de reabastecimento e veículos que apliquem o novo padrão de hidrogênio líquido, um mercado de massa global deverá ser estabelecido para o novo processo.

Novo processo de reabastecimento será implementado no Mercedes-Benz GenH2 Truck

Em setembro de 2020, a Daimler Truck AG realizou a estreia mundial do caminhão-conceito movido a célula de combustível, o Mercedes-Benz GenH2 Truck. Com o GenH2 Truck, a fabricante demonstrará quais as tecnologias específicas a empresa está impulsionando à toda velocidade de forma que os caminhões pesados movidos a célula de combustível possam realizar suas exigentes e versáteis operações de transporte de longo percurso com autonomias que vão até 1.000 quilômetros ou mais com um único tanque de hidrogênio. A Daimler Trucks planeja começar testes do GenH2 Truck junto a clientes em 2023. A produção em série deverá ter início na segunda metade desta década. Graças ao uso de hidrogênio líquido em vez do gasoso, com sua maior densidade energética, o desempenho do veículo está planejado para igualar o de caminhões equivalentes convencionais movidos a diesel. O novo processo de reabastecimento deverá ser implementado na versão em série do GenH2 Truck e primeiro deverá ser validada nos próximos protótipos.

Hidrogênio líquido permite aplicações com alto rendimento energético

A Daimler Trucks prefere utilizar o hidrogênio líquido (LH2) porque nesse estado químico a transmissão da energia tem uma densidade muito mais alta em relação ao volume do que o hidrogênio gasoso. Como resultado, os tanques do caminhão movido a célula de combustível usando hidrogênio líquido são muito menores. Além disso, devido à menor pressão, são também significativamente mais leves, proporcionando ao veículo maior capacidade de carga útil. Ao mesmo tempo, pode-se transportar mais hidrogênio, o que aumenta substancialmente a autonomia dos caminhões. Isso torna o GenH2 de série comparável aos caminhões movidos a diesel para transporte em longas distâncias, em que a demanda diária de energia é alta.

A Daimler Trucks está avançando no desenvolvimento das tecnologias de sistemas de tanques que são necessários para tornar o hidrogênio líquido utilizável como fonte de energia em caminhões com células de combustível produzidos em série. O armazenamento de hidrogênio líquido criogênico a -253 graus Celsius já é prática comum em aplicações estacionárias, por exemplo, na indústria ou em postos de abastecimento de hidrogênio. Isso também se aplica ao transporte de hidrogênio líquido como carga.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Tour virtual à exposição especial “25 Anos do Boxster” no Museu da Porsche

44º Dia Internacional dos Museus em 16 maio de 2021 Os museus cuidam de tesouros e contrib…