Home Notícias Fábrica da Volvo na Suécia torna-se a primeira planta de automóveis da marca a ser neutra para o clima

Fábrica da Volvo na Suécia torna-se a primeira planta de automóveis da marca a ser neutra para o clima

Comentários desativados em Fábrica da Volvo na Suécia torna-se a primeira planta de automóveis da marca a ser neutra para o clima

Seguindo seu plano climático ambicioso e pensando na economia circular, a fabricante conquista mais esse marco significativo

A Volvo dá mais um passo significativo em direção à sua ambição de tornar sua rede de fabricação global neutra para o clima até 2025. A partir de agora, a unidade de Torslanda, na Suécia, é a primeira fábrica de automóveis a atingir o status totalmente neutro para o clima.

Isso faz de Torslanda a segunda fábrica em sua rede geral de produção a atingir esse status, depois que a fábrica de motores Skövde, também na Suécia, tornou-se neutra para o clima em 2018.

A Volvo considera uma fábrica totalmente neutra para o clima quando não registra nenhum aumento líquido na emissão de gases de efeito estufa para a atmosfera como resultado da eletricidade e do aquecimento usados pela fábrica.


A planta da Torslanda, a mais antiga da empresa, é alimentada por eletricidade neutra para o clima desde 2008. Agora também tem aquecimento neutro para o clima. Metade do aquecimento da planta vem do biogás, enquanto a outra metade é predominantemente proveniente do aquecimento urbano através do calor residual industrial.

“Estabelecer Torslanda como nossa primeira fábrica de automóveis neutra para o clima é um marco significativo”, disse Javier Varela, chefe de operações industriais e qualidade da Volvo Cars. “Estamos comprometidos em ter uma rede de manufatura neutra para o clima até 2025 e essa conquista é um sinal de nossa determinação, pois trabalhamos consistentemente para reduzir nosso impacto sobre o meio ambiente.”

Além de tornar-se climaticamente neutra, Torslanda também reduz constantemente a quantidade de energia que usa. Melhorias planejadas em suas operações durante 2020 resultaram em economia de energia anualizada de quase 7.000 megawatt-hora (MWh), igual ao uso anual de energia de mais de 450 residências familiares suecas.


Nos próximos anos, a fábrica planeja fazer mais atualizações de eficiência nos sistemas de iluminação e aquecimento, entre outras coisas, o que deve resultar em uma economia de energia anual adicional de cerca de 20.000 MWh até 2023. Essas economias de energia são parte de uma ambição mais ampla da Volvo Cars de reduzir o uso de energia por carro produzido em sua rede de manufatura em 30% em 2025.

Para que a Volvo Cars alcance sua meta de operações de fabricação climaticamente neutras, ela precisa do total apoio de parceiros locais no governo e nas empresas para acessar eletricidade e aquecimento neutros para o clima. Além disso, a Volvo Cars desenvolverá sua própria capacidade de geração de eletricidade renovável no local.

A meta de fabricação neutra para o clima da Volvo Cars faz parte do plano climático da empresa, um dos mais ambiciosos do setor. A peça central do plano é a ambição da Volvo Cars de eletrificar toda a sua linha de veículos.

No entanto, o plano vai além de abordar as emissões de escapamento por meio de eletrificação total e, também, visa combater as emissões de carbono nas operações mais amplas da empresa, sua cadeia de abastecimento e por meio da reciclagem e reutilização de materiais, adotando a economia circular.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Fiat apresenta interior do novo SUV Pulse

Teaser da marca dá mais detalhes da cabine de um dos lançamentos mais aguardados do ano Ap…