Home Notícias Fórmula E: Temperatura de bateria impede Di Grassi de lutar pela vitória em Moscou

Fórmula E: Temperatura de bateria impede Di Grassi de lutar pela vitória em Moscou

Comentários desativados em Fórmula E: Temperatura de bateria impede Di Grassi de lutar pela vitória em Moscou
O risco de não marcar nenhum ponto mais uma vez assombrou Lucas di Grassi, desta vez durante o e-Prix de Moscou, antepenúltima corrida da temporada da Fórmula E. A temperatura excessivamente alta da bateria de seu carro nas quatro voltas finais impediu que o brasileiro partisse para um ataque ao líder na busca pela vitória, e teve de se conformar com o segundo lugar.
O piloto da Audi Sport ABT se classificou em terceiro para a largada e passou a primeira metade da corrida pressionando o Andretti do francês Jean-Eric Vergne. Com raros pontos de ultrapassagem no circuito de 13 curvas montado na Praça Vermelha, a estratégia de Lucas passou ser a de contar com uma parada eficiente para sair à frente. E foi o que aconteceu.
Quando as posições na pista se restabeleceram após a rodada de pit stops, Lucas tinha uma desvantagem de seis segundos para o líder e passou a imprimir um ritmo forte tirando a diferença, que chegou a 1,6 segundo. Nas voltas finais, no entanto, a temperatura da bateria de seu carro o impediu de tentar o ataque – ao ponto de o brasileiro sequer ter usado o FanBoost, artifício que entrega cerca de 50 cavalos extras de potência por cinco segundos, e que é concedido aos três pilotos mais votados no site da categoria.
 
De qualquer forma, o segundo lugar traz um quê de alívio para o brasileiro, que venceu a etapa anterior em Berlim e foi desclassificado posteriormente em razão de um reparo na asa dianteira que sequer trouxe ganhos em performance. 
A finalíssima da temporada inaugural da Fórmula E acontece nos dias 27 e 28 deste mês em um circuito montado no Battersea Park, em Londres, em sistema de rodada dupla. Com 60 pontos em jogo, Lucas di Grassi aparece em terceiro na tabela a 17 do líder e a cinco do vice-líder da competição. “Ainda são muitos pontos em jogo e não vamos desistir nem por um momento. A disputa pelo título só termina depois da bandeirada da última corrida, e até lá vamos dar tudo de nós”, falou o piloto.
Já nesta semana, no entanto, o foco de Lucas torna-se totalmente à disputa das 24 Horas de Le Mans, prova que começa no dia 13 e termina no dia 14. Lucas corre pela Audi Sport dividindo o Audi R18 e-tron quattro com o francês Loïc Duval e o britânico Oliver Jarvis na categoria LMP1 do Mundial de Endurance. Será a terceira participação do brasileiro na tradicional prova, na qual ele já conquistou dois pódios (um terceiro e um segundo lugar).
Resultado do e-Prix de Moscou (top-10):
1-) Nelson Piquet Jr (BRA) – China Racing – 35 voltas em 43min18s867
2-) Lucas di Grassi (BRA) – Audi Sport ABT – a 2s012
3-) Nick Heidfeld (ALE) – Venturi – a 11s548
4-) Jean-Eric Vergne (FRA) – Andretti – a 12s416
5-) Daniel Abt (ALE) – Audi Sport ABT – a 25s626
6-) Salvador Duran (MEX) – Amlin Aguri – a 28s960
7-) Antonio Félix da Costa (POR) – Amlin Aguri – a 30s529
😎 Nicolas Prost (FRA) – e.dams-Renault – a 31s556
9-) Sébastien Buemi (SUI) – e.dams-Renault – a 11s050*
10-) Justin Wilson (GBR) – Andretti – a 46s320
*Punido com a adição de 29 segundos em seu tempo de prova por liberação insegura do pit stop
Classificação do Campeonato (top-5):
1-) Nelson Piquet Jr – 128 pontos
2-) Lucas di Grassi – 111
3-) Sébastien Buemi – 105
4-) Nicolas Prost – 82
5-) Jerôme D’Ambrosio – 77
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

23ª Copa Brasil de Kart tem sua programação divulgada para disputa em Aracaju

Segundo maior evento do kartismo nacional acontecerá entre os dias 20 e 30 de julho no Kar…