Home Notícias Muito além do ‘pretinho’: Quatro aplicações estéticas para a conservação dos veículos

Muito além do ‘pretinho’: Quatro aplicações estéticas para a conservação dos veículos

Comentários desativados em Muito além do ‘pretinho’: Quatro aplicações estéticas para a conservação dos veículos

Por Gustavo Braga*

Com o aumento recente na participação dos carros usados e seminovos no mercado automotivo, como aponta a FENAUTO (Federação Nacional das Associações dos Revendedores de Veículos Automotores), o mês de maio teve um aumento de 18,5% no volume de vendas em relação a abril deste ano, ultrapassando 1,3 milhão de automóveis vendidos. Esse crescente se dá pela diminuição de oferta de carros zero-quilômetro por parte das marcas e montadoras, e com isso um segmento diretamente aquecido foi o de preparação e conservação estética de veículos.

Para manter o carro com aspecto de novo e protegê-lo da deterioração causada pelo tempo, o setor está sempre inovando e aperfeiçoando as técnicas de conservação. Em relação à estética, a lavagem, a higienização interna e o famoso “pretinho” dos pneus são maneiras rápidas e baratas de manter o veículo sempre agradável de se olhar e dirigir. Mas a estética automotiva vai muito além disso! Veja abaixo quatro aplicações estéticas mais benéficas para a conservação dos veículos:

o Polimento: a mais comum. Consiste em passar uma camada de massa abrasiva sobre a pintura do veículo, tirando e prevenindo riscos superficiais e manchas da pintura.

o Cristalização (ou espelhamento): segundo nível de proteção à pintura, que tem se popularizado no mercado. Neste procedimento se aplica uma camada de resina que protege a pintura do veículo por muito mais tempo que o polimento. Ela não corrige riscos e manchas existentes, por isso o polimento e a cristalização normalmente andam lado a lado.

o Vitrificação: esse é o terceiro nível de proteção à pintura automotiva. Mais eficiente do que o polimento e a cristalização, protege o automóvel contra raios solares, dejetos de flores e pássaros, maresia e até impactos leves. Deixa a pintura com aspecto renovado e basta uma lavagem simples para parecer que o carro está em estado de novo.

o Polimento de faróis: antes negligenciado pelas oficinas e funileiros, os faróis agora têm recebido a atenção que merecem. O polimento específico para as superfícies acrílicas dos faróis dá uma ótima revitalizada na aparência dos veículos.

Com o mercado automotivo ainda se adaptando ao “novo normal” da pandemia, é possível perceber bastante atenção sendo direcionada aos processos de embelezamento e prevenção de deterioração – tanto para aqueles que resolveram ficar com seus carros por mais tempo, quanto por aqueles que querem valorizar seu ativo para conseguir um melhor valor na hora da venda. Seja qual for o caso, o cuidado é benéfico para todos.

*Gustavo Braga é gerente de comunicação da Carupi, startup de tecnologia que facilita o trâmite de compra e venda de automóveis – carupi@nbpress.com.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Stellantis tem mudança na gestão executiva

A Stellantis anuncia que Mike Manley deixará seu cargo como Chefe das Américas da Stellant…