Home Motos Nova ZX-10R é ainda mais esportiva com seu design aerodinâmico e mecânica avançada

Nova ZX-10R é ainda mais esportiva com seu design aerodinâmico e mecânica avançada

Comentários desativados em Nova ZX-10R é ainda mais esportiva com seu design aerodinâmico e mecânica avançada

A mais recente versão da superesportiva da Kawasaki, que chega ao país em junho, traz uma série de melhorias na motorização e chassi, além de uma eletrônica inovadora com direito à conectividade via Bluetooth

A nova Kawasaki Ninja ZX-10R recebeu importantes revisões em seu poderoso motor quadricilíndrico de 998 cm³, incluindo um novo radiador de óleo refrigerado a ar, e com a introdução de winglets integrados e atualizações nas suspensões. Vem com um emblema em 3D da River Mark na carenagem do farol – homenagem concedida pela primeira vez em reconhecimento aos títulos conquistados.

O modelo chegará na rede de concessionárias autorizadas Kawasaki a partir da 2ª quinzena de junho, a superesportiva, que já virá com sistema de freios ABS inteligente da Kawasaki (KIBS) de fábrica, estará disponível em dois modelos de cores: a versão preta terá preço especial de lançamento de R$ R$97.990.00, enquanto a versão Kawasaki Racing Team (KRT) sairá por R$99.990.00, valores que já incluem frete para todo o país.

O poderoso motor de 998 cm³, com quatro cilindros em linha, ganhou ainda mais desempenho e tornou as emissões mais limpas que de seu antecessor. Com revisões no catalisador e no tubo coletor do escapamento, o novo sistema de exaustão se adequou aos padrões do sistema Euro 5 sem perder potência.

O lançamento da Kawasaki também trouxe outras mudanças. Entre elas, destaca-se o novo acelerador, que é agora eletrônico, e por conseguinte teve o sensor de posição reposicionado para a manopla – o que elimina a necessidade de cabos e reduz manutenções –, e atualizações no sistema de transmissão, que, com uma roda dentada traseira maior, tornou as mudanças de 1ª, 2ª e 3ª marchas significativamente mais próximas, oferecendo grande aceleração em média/baixa rotação, ideal para saídas de curvas mais rápidas.

Já a principal mudança na motorização da Ninja ZX-10R 2022 ficou a cargo do novo radiador de óleo refrigerado a ar, implantado com base no trabalho da equipe Kawasaki Racing Team no Mundial de SuperBike. O sistema, frequentemente visto em modelos de competição, possui circuito independente. Em vez de direcionar o líquido de arrefecimento do radiador para o radiador de óleo e de volta para o motor, o óleo é encaminhado do cárter inferior esquerdo para o radiador de óleo, onde é resfriado e, em seguida, devolvido para o lado direito. Isso gera uma refrigeração mais eficiente, o que contribui para um ganho de desempenho do motor em todas as rotações.

Além da aceleração, a nova Ninja ZX-10R ganhou atualizações na geometria do chassi (Twin-spar de alumínio) que contribuíram para aumentar sua estabilidade e oferecer maior controle nas mudanças de direção. Dentre as revisões, o pivô do braço oscilante foi reposicionado 1 mm para baixo e a distância entre eixos ganhou 10 mm, passando de 1.440 mm para 1.450 mm. Com essa nova configuração, o equilíbrio dianteiro-traseiro moveu-se ligeiramente para frente (0,2%), proporcionando melhor desempenho nas curvas.

No sistema de freios da versão 2022 da ZX-10R, a superesportiva da Kawasaki manteve a alta performance de frenagem da Brembo com a utilização de ABS de fábrica. O modelo teve poucas mudanças: ganhou revisões nas pastilhas e no reservatório de fluido traseiro, que foi reposicionado para oferecer maior liberdade de movimento aos pilotos durante as mudanças de direção. No mais, o lançamento seguiu com a configuração de disco duplo semiflutuante de 330 mm e pinça dupla com quatro pistões na dianteira, e, na traseira, disco simples de 220 mm com pinça de furo simples com pino deslizante.

Desenvolvido pelo Programa de Modelagem Dinâmica da Kawasaki e aprimorado com a entrada de uma IMU (Unidade de Medição Inercial) da Bosch, a superesportiva trouxe novos recursos como modos de pilotagem integrados, controle eletrônico de cruzeiro e painel de instrumentos digital em TFT colorido com conectividade para smartphones.

As novas atualizações da ZX-10R 2022 tornaram muito mais fácil de se definir o controle de tração (S-KTRC) e a entrega de potência (Power Mode) ideais para cada tipo de situação encontrado pelo caminho. Isso graças às melhorias do sistema de Modos de Pilotagem, que, por meio de um botão ao lado do punho esquerdo, o condutor pode escolher entre três configurações pré-determinadas (Esportiva, Estrada e Chuva) ou ainda quatro configurações manuais (Rider 1-4), previamente definidas. Além disso, o S-KTRC (Sport-Kawasaki TRaction Control) recebeu atualizações nos modos 4 e 5, o que tornou a condução mais ‘amigável’ e facilitou a aceleração durante as curvas e nas saídas de curva.

Por fim, o novo e compacto painel de instrumentos digital em TFT (Transistor de Película Fina) colorido de 4,3 polegadas completa o visual de alta tecnologia da ZX-10R. A tela, com elevado nível de visibilidade e cor de fundo selecionável (preto ou branco), ajusta o brilho automaticamente conforme a luz ambiente.

O smartphone se conecta à moto e, por meio do aplicativo ‘Rideology The APP’, é possível acessar diversas funções, como, por exemplo, verificar o consumo de combustível, ajustar os modos de pilotagem, ou ainda gravar registros detalhados de condução.

Artigos Relacionados
Leia mais em Motos
Comentários estão fechados

Veja também

Fiat apresenta interior do novo SUV Pulse

Teaser da marca dá mais detalhes da cabine de um dos lançamentos mais aguardados do ano Ap…