Home Notícias Porsche atinge crescimento sustentável no exercício 2020

Porsche atinge crescimento sustentável no exercício 2020

Comentários desativados em Porsche atinge crescimento sustentável no exercício 2020

A Porsche estabeleceu um novo recorde de receita no exercício 2020: seu valor cresceu para 28,7 bilhões de euros, superando o valor do ano anterior em mais de 100 milhões de euros. O resultado operacional é de 4,2 bilhões de euros. No ano anterior, foram 4,4 bilhões de euros antes dos itens especiais e 3,9 bilhões de euros depois. O retorno sobre as vendas foi de 14,6% em 2020, dentro da meta estratégica, apesar da situação econômica tensa. Os fortes números de 2019, portanto, foram praticamente mantidos, apesar de uma paralisação temporária da produção. No total, a Porsche entregou mais de 272 mil veículos a clientes em todo o mundo. Isso é apenas 3% a menos do que no melhor ano anterior, 2019. O lucro, antes dos impostos, foi de 4,4 bilhões de euros, um aumento em relação a 2019.

“O exercício 2020 foi um sucesso para a Porsche – apesar das circunstâncias desafiadoras”, enfatiza Oliver Blume, Presidente do Conselho Executivo da Porsche AG. “Existem quatro razões para isso: nossa linha de produtos atrativa, modelos elétricos convincentes, a força inovadora de nossa marca e a determinação com que abordamos nossa gestão de crises. Foram entregues mais de 20.000 unidades do Taycan, o primeiro carro esportivo totalmente elétrico da Porsche. Isso o torna o carro esportivo elétrico de maior sucesso em sua classe. Mais de 50 prêmios internacionais atestam isso. Entre outras coisas, o Taycan foi nomeado o “carro mais inovador do mundo”. A Porsche oferece um core business robusto, ações sustentáveis, responsabilidade social e tecnologias inovadoras”.

“Estamos muito orgulhosos de nossos números nos negócios”, declarou Lutz Meschke, Vice-Presidente do Conselho Executivo e membro do Conselho Executivo de Finanças e TI da Porsche AG. “Apesar dos inúmeros desafios, alcançamos nossa meta estratégica com um retorno operacional sobre as vendas de 14,6%”.

De acordo com Lutz Meschke, alcançar esses números recordes, apesar da difícil situação global, foi possibilitado por um sistema de gestão de custos e liquidez rapidamente estabelecido. “Nossa maior prioridade na crise era a liquidez. Precisávamos reduzir todos os custos que não fossem absolutamente necessários”. Em nenhum momento, a Porsche perdeu de vista sua direção estratégica de longo prazo. “Não economizamos nada em termos de futuro. Continuamos avançando a toda velocidade em transformação, digitalização e eletrificação. Tentar economizar nessas áreas resultaria muito rapidamente em uma perda de competitividade. Nossa gestão de custos e liquidez possibilitou uma referência. Protegemos nosso negócio para que possamos voltar a funcionar a todo vapor assim que a crise terminar”.

Com isso em mente, a Porsche mais uma vez aprimorou seu ambicioso “Programa de Rentabilidade 2025”. “Nossa nova meta é melhorar nosso resultado cumulativamente em 10 bilhões de euros até 2025 e, em 3 bilhões de euros por ano, depois disso,” diz Lutz Meschke. “O mais importante sobre nosso programa de rentabilidade é que não se trata apenas de um plano econômico, é também um programa de inovação. Não é sobre cortar custos. É sobre otimizar, de forma inteligente, todos os nossos processos e desenvolver novas ideias de negócios”. Em um clima de mercado desfavorável, a Porsche manteve o número de funcionários por volta dos 36 mil. “Nenhum funcionário precisa se preocupar. Firmamos um acordo de segurança trabalhista que garante os empregos de nossa força de trabalho essencial até 2030”, diz Lutz Meschke. “Não estamos cortando empregos ou nos livrando de nenhuma filial. Pelo contrário, estamos investindo em nossos funcionários e em nosso futuro. Isso está valendo a pena: a Porsche aumentou ainda mais sua eficiência e reduziu seu limiar de lucro. Assim, queremos atingir nosso objetivo estratégico de um retorno operacional sobre as vendas de 15% em 2021 também, apesar da difícil situação econômica”. Como nos anos anteriores, a Porsche compartilhou os lucros da empresa com a força de trabalho. Para 2020, o bônus voluntário é de 7.850 euros.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Renault do Brasil adere ao Movimento Mulher 360

Movimento tem como objetivo contribuir para o empoderamento econômico da mulher brasileira…