Home Notícias Produção de ônibus cai no primeiro semestre de 2020

Produção de ônibus cai no primeiro semestre de 2020

Comentários desativados em Produção de ônibus cai no primeiro semestre de 2020

A produção nacional de ônibus fechou o primeiro semestre de 2020 com 8.931 unidades, o que representa uma queda de 36,5% na comparação com o mesmo período do ano passado (14.064). Com esse desempenho, o segmento atingiu o seu menor patamar dos últimos 21 anos – em 1999, a produção de ônibus foi de 7.740 unidades. O mercado de caminhões também teve retração significativa, registrando seu pior desempenho semestral dos últimos quatro anos. Nos primeiros seis meses deste ano, foram produzidos 34.797 caminhões, número 37,2% inferior ao observado no mesmo período de 2019 (55.396).

É o que revela a nova edição do boletim Economia em Foco, divulgado esta semana pela CNT (Confederação Nacional do Transporte). De acordo com a publicação, com esses resultados, a produção nacional de veículos pesados no Brasil caiu 37,0% no primeiro semestre de 2020, na comparação com o mesmo período do ano passado. Ao todo, foram produzidos 43.728 veículos pesados de janeiro a junho deste ano, contra 69.460 em igual período em 2019.

As vendas de veículos pesados novos também caíram consideravelmente nos primeiros seis meses de 2020. Segundo a CNT, o licenciamento de caminhões, com 37.860 unidades, teve queda de 19,2% em relação ao mesmo período de 2019. O licenciamento de ônibus, por sua vez, foi de 5.716 veículos (queda de 40,6% em relação ao primeiro semestre de 2019). Dessa forma, o licenciamento de veículos pesados no Brasil no primeiro semestre de 2020 totalizou 43.576 unidades, e foi 22,7% menor que o contabilizado entre janeiro e junho de 2019.

Fonte: Agência CNT Transporte Atual

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Tour virtual à exposição especial “25 Anos do Boxster” no Museu da Porsche

44º Dia Internacional dos Museus em 16 maio de 2021 Os museus cuidam de tesouros e contrib…